Robô Camaro | Renyere Trovão
Robô Camaro| Foto: Renyere Trovão
  • Camaro que voa
  • CrossSport foi customizado pela famosa Garage Batistinha, de São Paulo
  • CrossSport traseira
  • Fiat 500
  • Kombioke
  • Interior da Kombioke
  • Toyota Artico
  • Lotus Senna
  • Lotus Amarela Senna

Para atrair a atenção do público que visita o 26.º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo as marcas foram além das novidades que estarão em breve circulando pelas ruas brasileiras ou dos carros conceitos. Elas investiram na criatividade e em modelos que chamam a atenção pelo projeto inovador. Confira alguns deles:

Camaro transformers e dirigívelA Chevrolet bolou duas ideias interessantes para divulgar o lançamento do Camaro SS no Brasil. Uma réplica de robô de quase cinco metros de altura recepciona os visitantes na entrada do estande. Observando mais atentamente é possível verificar que o boneco é formado por componentes do Camaro no melhor estilo Transformers.O esportivo norte-americano também ganhou uma versão dirigível em escala real. O balão, feito de PVC (espuma) e pesando apenas 5 kg, sobrevoa o espaço da Chevrolet impulsionado por quatro hélices localizadas nas extremidades. O "brinquedinho" é de autoria de uma empresa de Hong Kong e uma das vedetes da mostra paulista.

Agile customizado

Outro atrativo do espaço Chevrolet é o Agile Crossport customizado pela Batistinha Garage, conhecida oficina paulista especializada em personalização e restauração. O projeto ressalta as características de um crossover do hatch da Chevrolet. Para tanto, ganhou o para-choque dianteiro da Montana e também uma série de acessórios, como aerofólio, saias laterais, faróis de máscara negra, lanternas esportivas, lâmpadas Blue Vision, faróis de neblina, rack e antena de teto. Para se destacar no estande, o Agile Crossport foi pintado na cor laranja, que se mistura às peças pintadas em grafite dos para-choques, para-lamas e saia laterais.

Hilux polar

A Toyota trouxe para o salão a Hilux Artic Truck Invincible, uma adaptação da picape que encarou o desafio de suportar a superfície gelada do Polo Norte (2007) e do Polo Sul (2009). O modelo foi o primeiro a encarar os dois extremos do planeta. Passou por alterações na suspensão para aumentar o vão livre em relação ao solo e enfrentar até 200 cm de geleira e 1 metro de neve. O motor original D-4D 3.0 litros, de 164 HP, permaneceu.

Lotus de Senna

Para comemorar os 50 anos do nascimento do piloto Ayrton Senna, o instituto que leva o nome dele levou para o salão dois exemplares da Lotus dirigida pelo tricampeão de Fórmula 1, entre 1985 e 1987. A mítica John Player Special preta 98T, conduzida por Senna em 1986, e a versão amarela 99T, com a qual ele terminou em terceiro lugar a temporada de 1987.

Fiat 500 no ar

O estande da Fiat é um dos maiores da mostra internacional paulistana, o que por si só já chama a atenção. Mas é possível avistar o estande de longe graças às duas réplicas tamanho família do compacto Fiat 500, unidos pelos pneus e suspensos a alguns metros do chão. Foi uma boa sacada da montadora italiana para atrair os olhares dos visitantes no Pavilhão do Anhembi.

Cantando na Kombi

A Volkswagem inovou ao personalizar uma Kombi para que o público solte a voz durante os dias de exposição. Dentro do veículo foi instalado um karaokê. Quem está do lado de fora por apreciar a performance dos "cantores" da Kombi.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]