Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Brunno Covello/Gazeta do Povo
| Foto: Brunno Covello/Gazeta do Povo

A paralisação nas fábricas da Volkswagen por todo país devido à queda de braço com um dos seus fornecedores de autopeças atingiu em cheio as vendas nas concessionárias da marca. Os estoques da maioria da lojas está reduzido e muitos modelos e versões encontram-se em falta.

É o caso dos carros mais procurados como up!, Gol, Voyage e Fox, com poucas unidades disponíveis.

Segundo informações apuradas em concessionárias cujas redes atuam em todo o Paraná, a redução nas vendas diárias em setembro já é superior a 50% comparada a julho - relevando o mês passado que foi atípico com os Jogos Olímpicos e o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

VW vai acelerar produção para repor estoque esvaziado

Leia a matéria completa

“Agosto foi o mês que começamos a sentir pela falta na reposição do estoque, mas agora em setembro o impacto está muito forte, com o giro de caixa lá embaixo. Somado à crise econômica [que derrubou o consumo no setor], virou uma receita bombástica para os concessionários”, diz o diretor de uma das tradicionais empresa do ramo em Curitiba, que pediu para não ser identificado.

Ele revela que perdeu muitas vendas nos últimos dias, inclusive as que estavam agendadas. “Vários contratos realizados foram cancelados, pois além de estender o prazo de entrega, não temos como prever quando isso acontecerá”.

O executivo conta ainda que alguns clientes frotistas não só desfizeram o negócio, como acabaram comprando veículos de outras marcas.

Em outra rede pesquisada pela reportagem o estoque chegou a metade da média mensal. A fonte de uma loja consultada admitiu perda seguidas nas vendas por não ter o modelo disponível a pronta entrega.

“Mesmo que o cliente aceite esperar, não temos como garantir preço e nem como estipular um prazo. Diante disso, o consumidor acaba desistindo”, relata o funcionário, que também pediu anonimato.

Ele diz que não há mais up!, Voyage e Fox e no caso do Gol somente na versão Trendline. “Só temos as versões mais caras e modelos premium como Jetta. Até o Golf está em falta, com uma ou outra configuração no estoque”, ressalta.

ENKONTRA VEÍCULOS.COM: Procurando um Volkswagen seminovo ou usado? Confira as principais ofertas do mercado e também anuncie gratuitamente.

Comunicação Volkswagen do Brasil/Divulgação

Precavido, mas nem tanto

Um terceiro grupo com lojas espalhadas por todo o estado foi consultado e admitiu ter ser prevenido com um aumento no estoque logo que a Volkswagen iniciou o processo de paralisação das operações nas fábricas.

Volks faz anúncio em jornais para comprar peças

Leia a matéria completa

A disponibilidade nos pátios da empresa seria de 300 unidades, um pouco abaixo da sua média habitual de 400 carros.

Um gerente disse que tem “um pouco de tudo, nas diferentes versões e que não faltam carros. O que pode acontecer, segundo ele, é o cliente não encontrar alguma cor específica, que foge do comum, como determinados tons de vermelho, cinza ou azul. Já as cores básicas estão disponíveis.

De qualquer forma, se uma configuração desejada pelo consumidor está ausente, o gerente explica que vendedor orienta a escolha por uma outra versão do modelo ou até mesmo por um outro carro. O que não dá, continua ele, é realizar a reserva sem saber quando o veículo pretendido será entregue. “Seria uma leviandade nossa”, ressalta.

No entanto, ao realizar uma consulta rápida com o funcionário de uma das lojas do grupo constatamos que modelos como Voyage, além de Gol e Fox, principalmente nas versões topo de linha Highline, acabaram no estoque.

O motivo, segundo o atendente, seriam as férias coletivas antecipadas pela Volkswagen - 11 mil dos 18 mil colaboradores da marca em todo país ficaram em casa no mês de agosto (previstas anteriormente para outubro).

Vale frisar que a interrupção gradativa da produção nas fábricas da Volkswagen já dura mais de 160 dias, o que significa que 150 mil unidades deixaram de sair da linha de montagem neste período.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]