i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Mudanças nas regras

Fim da multa para cadeirinha vai na contramão da segurança de crianças no carro

    • Estadão Conteúdo
    • 05/06/2019 14:30
    Foto: Divulgação
    Foto: Divulgação| Foto:

    Das crianças que morrem atualmente no trânsito brasileiro, 40% estavam na condição de ocupantes de veículos, sendo esta, hoje, a principal forma de óbito desse público no país. Atropelamentos vêm na segunda colocação.

    Números mais recentes do Datasus, plataforma de dados do Ministério da Saúde, mostram que do total de óbitos por acidentes de trânsito no Brasil envolvendo crianças menores de 1 ano a 9 anos de idade, 279 morreram por estarem dentro de veículos. Naquele ano, foram registrados 221 atropelamentos desse público.

    Um projeto de lei que altera pontos no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), entregue pelo presidente Jair Bolsonaro à Câmara nesta terça-feira (4) prevê que motoristas flagrados sem a cadeirinha para crianças nos bancos traseiros deixem de ser multados. Eles passarão a receber somente advertência.

    Gerente executiva da ONG Criança Segura, Gabriela Guida lembra que todo ano morrem aproximadamente 500 crianças em colisões de trânsito. "Fora as que são internadas, com as quais o SUS está gastando", diz.

    "O governo gasta muito dinheiro por ano para atender essas crianças que se acidentaram no trânsito, fora as que morrem."

    Para Gabriela, o uso da cadeirinha no banco traseiro é "a única forma segura" para transportar crianças no veículo. "Os assentos de um carro foram pensados para um adulto. É por isso que uma cadeirinha, adaptada ao corpo e à massa da criança, é a única forma segura para realizar o transporte", explica.

    >> Fora da cadeirinha, risco de morte de criança vai a 75% em acidente de carro

    Ideia oposta à prevenção

    Na avaliação da gerente executiva da Criança Segura, o fim da aplicação de multa para quem for flagrado sem a cadeirinha no banco traseiro é "muito ruim" e "vai na contramão das recomendações internacionais".

    A ONG é integrante de uma rede internacional chamada Safe Kids, que discute medidas no mundo inteiro para prevenção e redução de mortalidade infantil no trânsito.

    >> As respostas para as dúvidas mais comuns no uso da cadeirinha infantil

    "Tudo que vemos lá fora é o contrário. Outros países estão trabalhando muito para colocar a cadeirinha na lei", diz Gabriela.

    Pedro de Paula, coordenador executivo da Iniciativa Bloomberg, reforça que as mudanças envolvendo a cadeirinha infantil vai na contramão de modelos internacionais.

    "A medida contraria as melhores práticas internacionais e tudo que se tem estudado e observado no campo de regulação prática e segurança viária nos últimos anos", afirma Paula.

    >> Novas regras para a CNH: projeto do governo mostra que mudanças vão além de validade da carteira e pontuação

    Campanha educativa sem multa é insuficiente

    Segundo o coordenador da Iniciativa Bloomberg, no mundo inteiro a principal causa de mortes de crianças de 5 a 14 anos são os acidentes de trânsito.

    "Se estamos retirando uma infração que é comprovada pela OMS e por atores internacionais, como medida levada a sério no mundo para redução da mortalidade de crianças, (o governo) está contribuindo ainda mais para uma tragédia humana de promover mais mortalidade de jovens e crianças no Brasil", afirma.

    >> Seguro obrigatório DPVAT deve ser extinto

    Gabriela defende ainda que somente campanhas educativas - sem a cobrança da penalidade - serão insuficientes para evitar os acidentes e óbitos no trânsito envolvendo crianças.

    "Qualquer mudança de comportamento no trânsito para pegar tem, sim, que ter campanha de conscientização. Porém, tem de vir combinada com lei, autuação e fiscalização, senão o hábito não pega", afirma. "Nós sentimos muito essa mudança. Porque quem trabalha com trânsito sabe que a educação por si só não dá conta da mudança de comportamento."

    SIGA O AUTO DA GAZETA NO INSTAGRAM

    Ver essa foto no Instagram

    KWID SE VESTE DE AVENTUREIRO O Renault Kwid ganhou uma versão aventureira de boutique, com adereços que sugerem uma experiência fora de estrada, mas para encarar as adversidades do trânsito na cidade. O Kwid Outsider chega para ocupar o topo da linha da gama, com preço de R$ 43.990. As demais versões são: Life (R$ 33.290), Zen (R$ 38.790) e Intense (R$ 41.890). Diferenças para o Kwid comum: ✅ Moldura dos faróis de neblina mais destacados ✅ Aplique em prata na parte inferior da entrada de ar e também na base do para-choques traseiro ✅ Calotas e capa dos retrovisores em preto brilhante ✅ Proteção em plástico rígido nas portas ✅ Adesivos com a inscrição Outsider nas laterais ✅ Rack de teto ✅ Detalhes em laranja na cabine (portas, volante, Manopla do câmbio e bancos) A novidade também traz outros itens já disponíveis na linha, como direção elétrica, central multimidia com conexões Android Auto e Apple CarPlay, câmera de ré, vidros elétricos, airbags laterais, fixação Isofix para cadeirinhas infantis, ar-condicionado e abertura elétrica do porta-malas. O motor é o mesmo 1.0 com três cilindros, que rende 70/66 cv e 9,8/ 9,4 kgfm de torque (etanol/ gasolina), associado ao câmbio manual de 5 marchas. O baixo consumo é um dos pontos altos do Kwid. Na cidade faz 14,1 e 9,6 km/l e na estrada, 14,4/ 10,0 km/l (gasolina/etanol). A Renault projeta que o Outsider responda por até 20% das vendas do Kwid, que hoje é 6° carro mais emplacado do país. Sozinho, o subcompacto representa 34% das vendas da marca francesa no Brasil. #kwidoutsider #renaultkwid #carroaventureiro #suvdoscompactos #subcompacto #renaultbrasil #carros #automoveis #gazetadopovo 📷 #rodolfobuhrer #laimagem

    Uma publicação compartilhada por Automóveis Gazeta do Povo (@autogazetadopovo) em

    19 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 19 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

    • R

      Rodrigo Santos Brandão

      ± 0 minutos

      O governo querer se metaer na vida dos oilutros já é uma desgraça, que temos que aturar, mas as ONGs são piores. São os donos da verdade e paladinos da justiça, só que vista pelas suas lentes embaçadas. Vão arrumar oque fazer. Deixa as pessoas VIVEREM fazendo suas PRÓPRIAS escolhas. Quanto menos governo melhor, quanto menos ONGs, melhor ainda.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • J

        JOSEMA LOBAQUE

        ± 1 horas

        Eu nunca precisei de lei nenhuma para cumprir com minhas responsabilidades! Sempre cuidei dos meus filhos, não transferi para governo o que era minha obrigação fazer. Não cuidar dos incapazes é crime e ponto!!! O que o povo precisa é de consciência não de um governo babá de irresponsáveis!

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • J

          J Luiz

          ± 1 horas

          Não consigo entender o motivo desta medida. Esperar conscientização dos pais é coisa para países de 1° mundo. O cinto de segurança só pegou graças às multas.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • M

            MBP

            ± 4 horas

            Não é proibido usar cadeirinha. Continua permitido e recomendado. Apenas tiraram a multa. Pais e responsáveis precisam de lei e multa para serem obrigados a zelar pelos seus filhos???

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • T

              Takushi

              ± 16 horas

              A irresponsabidade no trânsito é fato consumado, só ver as estatísticas, afrouxar medidas protetivas e punitivas, incentiva ainda mais a imprudência e ousadia dos "corredores" de plantão. But......

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • K

                Klin

                ± 17 horas

                O projeto e totalmente equivocado. Só beneficia os infratores contumazes. Afrouxar a lei é permitir a ampliaçao da violência num trânsito já caótico e violento.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • A

                  Afonso Celso Frega Beraldi

                  ± 17 horas

                  Nao concordo com essas mudanças nas regras de trânsito. Se elas forem implementadas, por exemplo, neste caso de cadeirinhas, o pai ou responsável que seja responsabilizado criminalmente. O uso correto de EPI's ou itens de segurança, eh por conta do usuario.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • J

                    JAMC

                    ± 17 horas

                    Este presidente eleito, não acerta uma ... que visão medíocre das suas responsabilidades

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    1 Respostas
                    • A

                      Afonso Celso Frega Beraldi

                      ± 17 horas

                      Nao acerta todas, mas acerta sim.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                  • A

                    Ana D Rosa

                    ± 17 horas

                    Nessa da cadeirinha, o Governo pisou na bola. A quem interessa isso? A segurança das crianças, incapazes de proteger a si mesmas, deveria vir primeiro. A maior parte das alterações nas regras foi compromisso do Presidente com os caminhoneiros, mas e a cadeirinha? Por que?

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • M

                      Melissa Oliveira

                      ± 17 horas

                      Precisamos assumir nossas responsabilidades, nunca deixei de prender meu filho à cadeirinha por causa da multa, mesmo porque nunca passei por fiscalização, prendo meu filho por me preocupar com sua segurança. Não precisamos de um Estado babá, precisamos de pessoas educadas e responsáveis.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • F

                        Freitas

                        ± 19 horas

                        Tinha é que dobrar a multa.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        • A

                          Adriano César de Souza

                          ± 19 horas

                          Também não concordo que se retire a penalidade sobre a falta de uso da cadeirinha, mas as críticas sobre a relevância de apresentar o projeto agora são exageradas. O governo não pode ter uma agenda única e tem de****dos e senadores em quantidade mais do que suficiente para tratar de muitos projetos ao mesmo tempo.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          • D

                            DENIZE BORGES

                            ± 19 horas

                            Colocar a cadeirinha ou não a responsabilidade pela segurança das crianças é dos pais e não do Estado.

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            2 Respostas
                            • E

                              Eduardo Jenner Walcacer

                              ± 19 horas

                              É responsabilidade dos pais e não do Estado? Aí a criança sofre um acidente dentro do carro, quem paga a ambulância, a equipe de socorristas? O Estado! Quem paga o médico, o leito, o tratamento? O Estado!

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                            • A

                              Adriano César de Souza

                              ± 19 horas

                              É verdade, mas muitas pessoas só mudam seus hábitos quando se vêem obrigadas, por força de uma penalidade.

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                          • R

                            Renatu

                            ± 19 horas

                            Engraçado que essas mesmas ONGs que defendem e são financiadas por grupos abortistas internacionais, agora lutam "pela defesa das crianças".

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            • E

                              Eduardo Jenner Walcacer

                              ± 19 horas

                              Bolsonaro jogou a toalha da Previdência e agora está em plena campanha da próxima eleição para com seu eleitorado. Desistiu de todas as prioridades do país!

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                              • E

                                Emerson

                                ± 20 horas

                                Com tantas problemáticas e prioridades nacionais incomodar-se com cadeirinhas para crianças é algo deprimente, irresponsável e coisa de quem parece estar cego por completo.

                                Denunciar abuso

                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                Qual é o problema nesse comentário?

                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                Confira os Termos de Uso

                                Fim dos comentários.