Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Foto: Ford/ Divulgação
Foto: Ford/ Divulgação| Foto:

A Ford já baixou o preço do Ecosport em quase R$ 11 mil neste ano para tentar mudar o panorama de vendas do carro. O pioneiro no segmento de SUVs compactos e ex-campeão de emplacamentos há tempos não consegue acompanhar o desempenho nas lojas da turma que lidera o segmento (veja mais abaixo).

A saída encontrada pela marca foi recorrer à velha fórmula de reduzir o valor do carro para atrair o cliente. No site da montadora, as versões do utilitário aparecem com redução na tabela de agosto de até R$ 7,9 mil.

VersãoPreço novoPreço antigoDiferença
SE 1.5 manualR$ 71.990R$ 76.690R$ 4,7 mil
SE 1.5 automáticaR$ 77.990 R$ 82.890 R$ 4,9 mil
Freestyle 1.5 manualR$ 77.990R$ 85.290R$ 7,9 mil
Freestyle 1.5 automáticoR$ 83.990R$ 91.890R$ 7,9 mil
Titanium 1.5 PlusR$ 92.990R$ 100.890R$ 7,9 mil
Storm 2.0 automáticoR$ 103.390 R$ 108.390 R$ 5 mil

Curiosamente, a Titanium está com um valor inferior ao desconto que já vinha sendo praticado nas concessionárias para alavancar as vendas, na faixa de R$ 95 mil. Além disso, adotou o sobrenome "Plus".

A Titanium 1.5 AT foi lançada em fevereiro deste ano com a etiqueta de R$ 103.890, ou seja, de lá para cá a queda no preço foi R$ 10,9 mil. A versão tem como destaque a ausência do controverso estepe pendurado do lado de fora da tampa do porta-malas.

É a única da linha a trocar esse recurso por pneu com tecnologia run flat, que permite rodar até 80 quilômetros caso o pneu perca totalmente a pressão, devido a um furo, por exemplo. Há ainda um kit de reparo que aumenta essa distância para até 200 km.

Foto: Ford/ Divulgação
Foto: Ford/ Divulgação

A novidade fez sumir o pneu reserva. E isso parece que tem deixado o comprador ressabiado na hora da escolha. A configuração com a traseira "limpa" responde por menos de 10% das vendas do EcoSport, sendo a menos comercializada do modelo, segundo dados da consultoria Jato Dynamics.

Fica atrás, inclusive, da antiga Titanium 2.0, que deu lugar justamente para a Titanium 1.5 run flat e ainda é encontrada devido aos estoques residuais. Também perde na procura para a SE Direct 1.5, voltada para o público PCD e com produção limitada.

VersãoJaneiro a junhoFatia das vendas
SE 1.5 5.16333,4%
Freestyle 1.5 3.32121,5%
Storm 2.0 4x4 AT 1.95812,7%
Titaniuam 2.0 (saiu de linha)1.85312,0%
SE Direct 1.5 (PCD) 1.75411,4%
Titaniuam 1.5 Run Flat 20201.3758,9%

Outra versão que teve uma forte redução desde o lançamento é a reestilizada Freestyle. Quando chegou às lojas em abril custava R$ 87.290 (manual) e R$ 91.890 (automático), uma diferença de R$ 9,3 mil comparado à tabela de agosto.

Foto: Ford/ Divulgação
Foto: Ford/ Divulgação
Foto: Ford/ Divulgação
Foto: Ford/ Divulgação

Distante dos líderes

Mesmo com a reestilização feita em 2017, que deixou o Ecosport mais sofisticado e estreou o primeiro motor 1.5 de três cilindros no país, a procura ainda está bem aquém em relação aos líderes da categoria.

O Ford comercializou perto de 18 mil unidades de janeiro a julho de 2019, deixando-o na quinta posição do ranking dos compactos. No mês passado, ele foi o sétimo (2.530 unidades), ficando atrás de Volkswagen T-Cross (3.151) e Renault Captur (2.680).

Na linha de frente em julho ficaram Jeep Renegade (5.790), Hyundai Creta (5.307) e Nissan Kicks (5.299).

SUVs compactos - vendas

CarrosEm 2019Julho
1 Jeep Renegade38.8375.790
2 Nissan Kicks31.1245.299
3 Hyundai Creta29.5525.307
4 Honda HR-V27.5523.856
5 Ford EcoSport17.9632.530
6 Renault Captur16.4632.680
7 Renault Duster14.7891.777
8 VW T-Cross11.1173.151
9 Chevrolet Tracker9.9781.293
10 Citroën C4 Cactus9.2281.474
11 Peugeot 20084.729787
12 Caoa Chery Tiggo 5X3.452644
Fonte: Fenabrave
13 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]