O fascínio que o estudante Rodrigo Rech, 22 anos, tem pelo conceito tuning levou-o a adquirir um Marea 2.0 20V turbo personalizado. Mas não se trata de um carro qualquer. O morador do Jardins das Américas, em Curitiba, fez questão de ter na garagem um veículo acostumado a chamar a atenção por onde passa. Atributos é que não faltam. A pintura flake, que espalha pigmentos brilhantes sobre a lataria ao receber luz artificial ou natural, é em dois tons (preto e chumbo). As rodas, por enquanto, são aro 17", mas em breve o Fiat será calçado com aro 19". O kit aerodinâmico oferece pára-choques dianteiros e traseiros personalizados, saias laterais e aerofólio. Os faróis xenônio de 8.000 k vêm acompanhados de angel eyes em neon azul e no interior se destacam o painel e o acabamento em aço escovado.

Como todo carro tunado que se preze, saltam aos olhos os "reloginhos" que medem pressão do turbo, óleo e ar/combsutível, e o banco esportivo de couro. O conjunto de som é importado e apresenta LEDs azuis que iluminam o subwoofer e o amplificador no porta-malas todo aveludado. No coração do Marea "bate" uma turbina com 1,2 quilo de pressão estável e 1,6 quilo com o booster acionado, gerando 270 cavalos de potência. Rech, que integra o Clube do Marea, pretende transformar o motor a gasolina em álcool e envenená-lo ainda mais para que alcance 350 cv.

*****

LEITOR publique neste espaço a foto e a história de seu carro. Pode enviá-la por carta ou através do e-mail (automobilismo@gazetadopovo.com.br).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]