| Fabio Cherubini/Gazeta do Povo
| Foto: Fabio Cherubini/Gazeta do Povo

A Nissan apresentou nesta quinta-feira (18) no Salão de Buenos Aires a nova geração da Frontier. A picape será produzida em solo argentino no fim de 2017, conforme anunciou o presidente da Nissan para a América Latina, José Luis Valls.

Serão investidos cerca de US$ 600 milhões (R$ 1,8 bilhão) para fazer o modelo em Córdoba. Com isso ele é possível que deixe de ser fabricado em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba, porém há rumores de que a nova geração conviva com a atual, que será voltada mais ao mercado de frotistas.

Fabio Cherubini/Gazeta do Povo

A previsão de estreia no Brasil é no primeiro semestre de 2018, mas a marca estuda importá-la do México antes disso até que inicie a produção no país vizinho.

A nova Frontier é construída sob um novo chassis, com suspensão Multilink e melhores ângulos de saída e entrada. A dianteira ficou menos quadrada, com a nova grade em V e os faróis de leds espichados. Os faróis de neblina ganharam uma moldura triangular.

Além disso, a caminhonete agora é calçada com rodas maiores e teve a linha de cintura elevada. Na traseira, destaque para as lanternas que avançam as laterais e a tampa da caçamba, que vem com aerofólio integrado. A mostra argentina prossegue até o próximo dia 28.

Fabio Cherubini/Gazeta do Povo
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]