Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Foto: Chevrolet/ Divulgação
Foto: Chevrolet/ Divulgação| Foto:

A linha 2020 do Cruze chegará às concessionárias em setembro com novidades. Além do visual reestilizado, que o deixa com a cara da versão norte-americana, o modelo também passa a oferecer WiFi 4G e frenagem automática de emergência na nova versão Premier, que substitui a LTZ.

Os preços serão anunciados quando começar as vendas no mês que vem. O modelo, que conta ainda com a versão LT, atualmente é tabelado de R$ 99.290 a R$ 108.990.

A atualização no design foi bem sutil e privilegia a sofisticação. O cromado ganha destaque nos para-choques e na grade frontal do sedã, que está maior. As rodas aro 17 também são novas, com acabamento diamantado e interior escurecido. A gravata dourada, símbolo da marca, agora repousa sobre uma barra cromada.

Atrás, as lanternas em led exibem um nova disposição dos elementos internos e "extrapolam" o limite da carroceria, criando um efeito 3D. No hatch Sport6 o nicho dos faróis de neblina foi redesenhado, com formato distinto ao do sedã.

Foto: Chevrolet/ Divulgação
Foto: Chevrolet/ Divulgação

O Cruze passa a vir com um botão que desativa o start-stop - tecnologia que desliga o motor em paradas rápidas no trânsito.

O interior recebe a opção de acabamento em tom marrom para os bancos e painel. O sistema de recarregamento de celular sem fio foi atualizado, enquanto a central multimídia MyLink estreia uma nova geração, com design renovado e a oferta de visualização de até três atividades simultaneamente (telefone, música e mapa).

O multimídia também agrega o sistema para reconhecimento do motorista – o carro identifica qual de suas chaves eletrônicas está no comando e automaticamente ajusta o conteúdo da tela para as preferências memorizadas de cada usuário (aplicativos, estações de rádio, etc).

Foto: Chevrolet/ Divulgação
Foto: Chevrolet/ Divulgação

O novo MyLink traz ainda manual do proprietário digitalizado, ícone para agendamento online de revisão e pareamento via bluetooth simultâneo de até dois celulares. Além de projetar a captação da câmera traseira com maior qualidade, uma vez que esta vira digital e passa a transmitir imagens com maior resolução.

Tudo compatível com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay de projeção de smartphones.

Pioneiro no WiFi a bordo

O Cruze é o primeiro carro em produção continua a oferecer WiFi nativo a bordo do mercado brasileiro - em 2012, a própria Chevrolet disponibilizou o recurso no Agile, porém era uma série especial com 1 mil unidades fabricadas.

A internet 4G pode ser acessada por meio de uma conexão com um chip da Claro, pareando até 7 dispositivos simultaneamente. Ele possibilita ainda usar alguns aplicativos na tela do sistema multimídia.

Foto: Chevrolet/ Divulgação
Foto: Chevrolet/ Divulgação

A comodidade, porém, é paga. Nos três primeiros meses após a compra do carro, a Chevrolet oferecerá um período de degustação, com 3 GB de limite nos dados. Depois, o serviço será cobrado mensalmente: a partir de R$ 29,90, para um plano de 2 GB, com navegação e música. Haverá ainda outros planos, de 5, 10 e 20 GB, mas os valores ainda não foram revelados.

Não será possível trocar a internet para outra operadora, uma vez que o chip vem soldado no veículo para garantir o serviço exclusivo da Claro.

"Estamos acostumados a acessar o Wi-Fi em casa, no trabalho, no restaurante. Por que não no carro? Estudos mostram que o brasileiro é um dos mais conectados do mundo e passa, em média, duas horas e meia por dia no trânsito de grandes centros. O Wi-Fi a bordo muda completamente a experiência do usuário no automóvel."

Carlos Zalenga, presidente da General Motors América do Sul.

O Chevrolet ainda conta com o sistema OnStar, capaz de identificar que o veículo se envolveu em um acidente e contatar a central 24h para providenciar resgate automático, se necessário. Há também assistência na recuperação veicular em caso de roubo ou furto e apoio em caso de problemas mecânicos cobertos pelo Chevrolet Road Service.

Frenagem automática para evitar colisão

Foto: Chevrolet/ Divulgação
Foto: Chevrolet/ Divulgação

Outra novidade no Cruze 2020 é a frenagem automática de emergência com detecção de pedestres. O dispositivo atua em velocidades entre 8 e 80 km/h. Ele se junta a outros sistemas ativos de segurança já presentes no modelo, como alerta de colisão frontal, monitor de ponto cego e assistente de permanência em faixa.

O conjunto mecânico continua com o motor 1.4 turbo, de 153 cv e 24,5 kgfm, associado ao câmbio automático de 6 marchas. É o mesmo que equipou o Cruze nos EUA e no México até o fim da produção por lá, ocorrido em março deste ano. Por aqui, a Chevrolet garante que o modelo permanecerá na ativa.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]