Para reduzir furto, Audi repõe de graça peça do carro que virou alvo de ladrões
| Foto: Pedro Bicudo/ Divulgação

Os modelos A3, A4 e Q3, da Audi, viraram alvo de ladrões no Brasil, mas ao invés de levar o veículo o que eles furtam são as grades frontais inferiores, localizadas abaixo dos faróis, nas extremidades do para-choques.

Para tentar inibir tal prática, a Audi faz uma ação inusitada oferecendo a reposição da peça gratuitamente aos proprietários lesados. Segundo a marca, 90% dos serviços de substituição do componente estão relacionados a casos de furtos - foram mais de 500 peças recolocadas nos últimos meses, de acordo com o portal G1.

A montadora entende que realizando a reposição sem custo ao dono do veículo acabará com o mercado clandestino do item. A Audi informa que a peça sai por R$ 850, em média, mas na internet ela é vendida entre R$ 450 e R$ 900.

>> Novo RS 4 Avant mostra que peruas podem sobreviver com luxo e esportividade

Grande frontal do A3 inferior virou alvo de furtos.
Grande frontal do A3 inferior virou alvo de furtos.

“A estratégia com esta ação é simples: se o cliente repõe a peça sem custo em uma concessionária, o interesse pelo furto diminuirá porque o item não terá mercado e os clientes não terão mais este problema", diz José Sétimo Spini, diretor de pós-vendas da Audi do Brasil.

A campanha é válida por tempo indeterminado e atende os modelos fabricados a partir de 2013. Para obter a nova grade, basta o cliente deve levar o carro a uma concessionária com o boletim de ocorrência do furto em mãos. O tempo de serviço para a recolocação leva poucos minutos.

"Esta é mais uma ação que comprova que a Audi coloca o cliente no centro de suas ações", ressalta Spini.

De acordo com a Audi houve até uma tentativa de desenvolver uma melhor fixação do componente para dificultar a ação dos marginais, mas a ideia não seguiu adiante.

 Grande frontal do Q3 inferior virou alvo de furtos.
Grande frontal do Q3 inferior virou alvo de furtos.

>> Flagra: nova geração do Onix circula pelas ruas; veja o que já sabemos do carro

>> Placa Mercosul: cidade cria alternativa para saber de onde é o veículo

>> Listamos os 10 modelos mais baratos no Brasil; só 3 estão abaixo dos R$ 40 mil

>> Corsa, Mille, Fusca… Como seria hoje o preço de carros populares dos anos 90

SIGA O AUTO DA GAZETA NO INSTAGRAM

8 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]