i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Bicombustível

Peugeot 1.4 flex pelo preço de um 1.0

  • PorRoberto Couto
  • 21/12/2005 19:04

Lançado em abril de 2005, o Peugeot 206 1.6 Flex marcou a estréia da marca do leão no segmento de veículos bicombustíveis (que podem ser abastecidos com gasolina e álcool). Oito meses depois, o fabricante francês decide apliar o mix de carros nacionais flexíveis com o lançamento do 206 1.4 Flex (hatch e perua), que começa a ser vendido em janeiro no Paraná.

O inédito motor 1.4 Flex do 206 – que é compartilhando com o Citroën C3 (as duas marcas fazerm parte do Grupo PSA) – oferece 82 cv de potência a 5.250 rpm e 12,6 kgfm de torque (força) máximo a 3.250 rpm quando abastecido com álcool. Com gasolina são 80 cv, com o mesmo torque. Vale lembrar que o atual motor 1.4 a gasolina oferece 75 cv e o propulsor 1.0 (que será comprado da Renault até o fim deste mês) conta com 70 cv. Segundo a Peugeot, os ganhos de torque e potência foram obtidos com alterações nos dutos de admissão do cabeçote, uso de borboleta eletrônica e curvas de funcionamento da central eletrônica.

Para chamar a atenção de potenciais compradores, a Peugeot resolveu não aumentar os preços do 206 e, no caso do hatchback, haverá uma vantagem extra: a oferta de uma versão básica Sensation, sem direção hidrálica, inclusive, que irá custar o mesmo do modelo 1.0 a gasolina (R$ 25.990), que deixará de ser oferecido quando acabar o estoque. Já o 206 1.4 Flex SW (perua) não irá contar com essa versão de entrada Sensation, apenas intermediária Presence (já com direção hidráulica, ar-condicionado, vidros dianteiros elétricos e travas elétricas) e que irá custar a partir de R$ 41,6 mil (um hatch Presence sairia por R$ 32,5 mil).Além da Sensation e Presence, o 206 1.4 Flex hatchback será comercializado na versão Feline (top de linha), que traz itens como ar-condicionado, direção hidráulica, conjunto elétrico, pára-choques na cor do carro, acabamento diferenciado e rodas de liga leve (não há esta versão para a perua 1.4 Flex).

Já o 206 1.6 Flex continua a ser comercializado na versão hatchback e perua (Presence e Feline) e seus preços variam de R$ 40 mil (hatch Presence) e R$ 47,4 mil (perua Feline).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.