Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Foto: Daniel Derevecki / La Imagem / Renault
Foto: Daniel Derevecki / La Imagem / Renault| Foto:

Apesar de perder para o Kwid o posto de modelo mais vendido da Renault no Brasil, o Sandero continua a ter um papel importante na estratégia da marca para conquistar cada vez mais espaço no mercado brasileiro.

A previsão da empresa francesa em atingir 10% da fatia em três anos passa pelo hatch, que tem uma boa parcela de responsabilidade para a Renault conquistar a quarta posição entre as montadoras que mais vendem carros no país atualmente.

Dentro deste planejamento, o Sandero ganha uma atualização para se manter competitivo até a chegada da nova geração, estimada para 2022 e com a plataforma CMF-B do Clio francês

>> A história dos Porsches que afundaram no mar e renasceram para o Brasil

>> Nissan lança o elétrico Leaf com choque no preço; veja como ele anda

A linha 2020 já está nas lojas com um visual repaginado feito pelo Centro de Design da marca em São Paulo, com o objetivo de se aproximar do estilo europeu.

Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem
Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem

O modelo também adota o câmbio automático CVT Xtronic, desenvolvido pela parceira Nissan e que gerencia Kicks, Duster e Captur.

Esta novidade sepulta de vez qualquer lembrança do ultrapassado automático de quatro marchas que equipava o hatch no passado, e, principalmente, do criticado automatizado Easy'R.

A típica morosidade da transmissão CVT pode ser amenizada com as trocas manuais e sequenciais das seis marchas simuladas na alavanca seletora.

Há ainda novos itens de série e melhorias no acabamento interno, que melhoraram a percepção de conforto. O Sandero também incorpora as nomenclaturas Life, Zen e Intense, já usadas por Kwid e no Captur.

Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem
Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem
Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem
Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem

Controle de estabilidade e luz diurna em led

De série, o carro ganhou airbags laterais, Isofix para a fixação de cadeirinhas infantis e luz diurna em led integrado aos faróis.

As versões CVT vêm equipadas com controles de estabilidade e de tração e assistente de partida em rampa. E são identificadas pelas molduras em plástico preto nas caixas de roda.

Na dianteira a grade frontal mantém o mesmo formato, mas muda a aparência conforme a versão e exibe detalhes cromados. Já para-choque e nichos das luzes de neblina foram redesenhados.

>> Governo oficializa as novas regras para tirar a CNH; veja o que muda

>> Toyota prepara seu primeiro SUV compacto no Brasil e já tem data de estreia

| Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem

A mudança mais destacada por fora está na traseira. As lanternas agora seguem o design do Mégane europeu, em estilo horizontal que invade o porta-malas - há quem enxergue semelhanças com as lanternas do Fiat Argo.

Interior sugere mais requinte

Por dentro, o uso de tecido e novos padrões de revestimento disfarçam bem a profusão de plástico duro na cabine. O teto em tom escuro, por exemplo, passa um ar de requinte.

Nas versões mais caras parte do painel ainda mantém o acabamento em preto brilhante.

Já a lista de equipamentos foi engrossada com a central multimídia Media Evolution disponível com conexão Android Auto e Apple CarPlay. Com isso, será possível usar Spotify, Waze, Google Maps e áudoos de WhatsApp na tela de 7".

| Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem

Outra novidade em todas as versões é a chave canivete, com comando de abertura e fechamento das portas.

O Sandero se destaca por oferecer o maior porta-malas do segmento, com 320 litros, e também a maior distância no ente-eixos (2,59 m).

A versão esportiva R.S. segue as mesmas mudanças da versão 'mais calma' e incorpora novas rodas diamantadas aro 17 na cor preta diamantadas.

Turbo fica para mais tarde

A motorização mantém as opções 1.0 SCe, de três cilindros, que rende 82/79 cv, e o 1.6 SCe, de quatro cilindros e 120/118 cv (etanol/ gasolina). O 2.0, de 150 cv e 20,9 kgfm de torque, continua exclusivo no R.S.

A opção turbo ficará para uma outra oportunidade, provavelmente a partir da nova geração. A escolha da Renault vai na contramão dos rivais, que estão apostando no motores pequenos sobrealimentado para melhorar o desempenho e diminuir o consumo.

"No futuro vamos colocar turbo no Sandero, mas por enquanto a família SCe é moderna e entrega bons números de eficiência e rendimento", ressalta Frederic Goyet, diretor de Marketing da Renault do Brasil.

>> Flagra: novo Renault Duster já roda no Brasil; veja o que muda no SUV

Sandero 2020 - preços e versões

Life 1.0

R$ 46.990

  • Direção eletro-hidráulica; quatro airbags (dois frontais e dois laterais); luz diurna em led; lantrnas em led; ganchos para fixação de cadeirinhas Isofix; ar-condicionado; vidros dianteiros elétricos; travas elétricas; chave canivete; e rodas de 15 polegadas.

Zen 1.0

R$ 49.990

Zen 1.6

R$ 55.990

  • + central multimídia Media Evolution; volante com comandos de som e telefone; sensor de ré; banco do motorista com regulagem de altura; computador de bordo; coluna de direção com regulagem de altura; alarme; vidros elétricos com função "um toque"; e sistema start-stop (apenas na versão com motor 1.6).

Zen 1.6 CVT

R$ 62.990

  • Todos os itens da Zen manual + câmbio automático CVT X-Tronic, controles de estabilidade e de tração; assistente de partida em rampas; rodas de aço aro 16; e molduras nas caixas de roda.

Intense 1.6 CVT

R$ 65.490

  • Todos os itens da versão Zen CVT + ar-condicionado digital; câmera de ré; faróis de neblina; vidros traseiros e retrovisores elétricos; piloto automático com limitador de velocidade; e rodas de liga leve aro 16 diamantadas.

R.S. 2.0

R$ 69.690

  • Todos os itens da Zen manual + assistente de partida em rampas; controles de estabilidade e de tração; ar-condicionado digital; câmera de ré; retrovisores elétricos; vidros traseiros elétricos; piloto automático com limitador de velocidade; e rodas de liga leve aro 17 na cor preta com acabamento diamantado.

Logan e Stepway mudam

Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem
Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem

A renovação na linha 2020 também atinge o Logan e o aventureiro Stepway. Ambos ganham uma nova versão topo de linha, a Iconic.

O hatch mais parrudo agrega algo a mais em relação ao Sandero, como detalhes cromados nos faróis de neblina, apliques plásticos na parte inferior dos para-choques na cor prata e lanternas com lentes escurecidas.

As rodas são em aro 16 diamantadas na cor cinza. O Stepway é oferecido apenas com motor 1.6 SCe, com opção de câmbio manual ou CVT.

Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem
Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem

Stepway - versões e preços

Zen 1.6

R$ 61.190

  • Direção eletro-hidráulica; quatro airbags (dois frontais e dois laterais); Isofix; sensor de ré; ar-condicionado; alarme; faróis de neblina; chave canivete; rádio; start-stop; e rodas aro 16.

Intense 1.6 CVT

R$ 70.990

  • Todos itens da versão Zen + central multimídia Media Evolution; controles de estabilidade e de tração; assistente de partida em rampas; ar-condicionado automático; câmera de ré; vidros traseiros e retrovisores elétricos; piloto automático (controlador e limitador de velocidade); e rodas de liga leve aro 16 biton diamantadas.

Iconic 1.6 CVT

R$ 73.090

  • Todos os itens da Intense CVT + bancos de couro; sensor de chuva; sensor de luminosidade; e rodas de liga leve aro 16 biton diamantadas.
Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem
Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem

O sedã traz a mesma identidade visual dianteira do hatch, mas conserva as lanternas em formato quadrado da reestilização de 2014.

Segundo Frederic Goyet, a marca entendeu que não era necessário mudar as lanternas, que combinam melhor com a proposta do sedã.

A versão CVT (Intense e Iconic) teve a altura elevada em 4 cm da carroceria, chegando a 19 cm de vão livre do solo - o mesmo do Stepway.

Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem
Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem
Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem
Foto: Rodolfo Buhrer/ La Imagem

O Logan apresenta um dos maiores porta-malas da categoria, com 510 litros, e também de entre-eixos, 2,63 m.

Logan- versões e preços

Life 1.0

R$ 50.490

  • Direção eletro-hidráulica; quatro airbags (dois frontais e dois laterais); Isofix; ar-condicionado; vidros dianteiros e travas elétricas; chave canivete; e rodas aro 16.

Zen 1.0

R$ 53.490

Zen 1.6

R$ 59.490

  • Todos os itens da versão Life + central multimídia Media Evolution; volante multifuncional; sensor de ré; ajustes de altura do banco e volante; computador de bordo; alarme; vidros elétricos com “one touch”; e stop-start (exclusivo para 1.6 manual).

Zen 1.6 CVT

R$ 66.490

  • Todos os itens da Zen manual + câmbio automático CVT X-Tronic; controles de estabilidade e de tração; assistente de partida em rampa; rodas aro 16; e molduras nas caixas de roda.

Intense 1.6 CVT

R$ 68.990

  • Todos os itens da versão Zen CVT + ar-condicionado automático; câmera de ré; faróis de neblina; vidros traseiros e retrovisores elétricos; piloto automático (controlador e limitador de velocidade); e rodas de liga leve aro 16 diamantadas.

Iconic 1.6 CVT

R$ 71.090

  • Todos os itens da Intense CVT + bancos de couro; sensor de chuva; e sensor de luminosidade.

*O jornalista viajou a convite da Renault

SIGA O AUTO DA GAZETA NO INSTAGRAM

Ver essa foto no Instagram

FIAT TORO GANHA ‘PORTA-MALAS’ A Fiat lança a linha 2020 da Toro com um tapa no visual e uma nova versão que apresenta uma solução usada nas décadas de 1980 e 90: a caçamba com capota marítima rígida. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ O item integra a configuração Ultra e terá acionamento elétrico. Feita em fibra de carbono, a novidade melhora a vedação acústica e a proteção contra infiltração de água, o que transforma o compartimento numa espécie de porta-malas para a picape. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ O proprietário terá a opção de removê-la e usar a caçamba no formato tradicional. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Ao contrário do restante da linha, que chegará às lojas nos próximos dias, a Ultra só estreia em novembro baseada na versão Volcano 2.0 turbodiesel, de 173 cv e 35,7 kgfm, associado ao câmbio automático de nove marchas. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ O preço não foi revelado, mas deve ficar na faixa entre R$ 150 mil e R$ 160 mil. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Outra novidade na Toro 2020 é o pacote personalizado S-Design para a versão Freedom, além das novas opções Endurance 1.8 flex manual e 2.0 turbodiesel AT6. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ No visual há uma leve alteração no para-choque frontal, que adotou um estilo que simula um quebra-mato, mas tem função apenas estética. Destaque ainda para a nova central multimídia de 7 polegadas. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Os preços da picape variam de R$ 92.990 a R$ 159.990. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Confira todos os detalhes do repaginada Toro no endereço www.gazetadopovo.com.br/automoveis ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ #fiattoro #toro2020 #fiatbrasil #toroultra #fcalatam #fcabrasil #picape #capotamaritima #carros #veiculos #automoveis #gazetadopovo

Uma publicação compartilhada por Automóveis Gazeta do Povo (@autogazetadopovo) em

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]