Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Honda revelou na semana passada, no Japão, a segunda geração do Fit, produzido no Brasil desde 2003. O compacto ficou um pouco maior, com 3,90 metros de comprimento (55 mm a mais), 1,69 m de largura (20 mm a mais) e 2,50 m entreeixos (50 mm a mais).

Por fora, o Fit ganhou formas mais robustas, mas a Honda manteve a identidade com a primeira geração. Também há novidades no interior. O banco traseiro é 20 mm mais largo e 15 mm mais longo e o volante agora é igual ao do novo Civic. Os dois motores são conhecidos, de 1.4 e 1.5 litro, mas o primeiro também passa a contar com comando variável i-VTEC. A opção de câmbio de variação contínua (CVT) e o uso da direção elétrica continuam.

O novo Fit deve chegar ao Brasil no prazo médio de um ano, seguindo o ritmo de atualização que a Honda tem imposto. Hoje, o modelo é vendido por aqui nas versões 1.4 Flex e 1.5, com preços variando entre R$ 46,9 mil e R$ 57,9 mil em revendas de Curitiba.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]