Blog Arquibancada Virtual

Alvaro Dias aprova Ronaldinho Gaúcho como candidato a senador pelo Podemos

Ronaldinho Gaúcho pode se candidatar ao Senado em 2018.
Ronaldinho Gaúcho pode se candidatar ao Senado em 2018.

O Podemos, antigo Partido Trabalhista Nacional (PTN), quer lançar Ronaldinho Gaúcho como candidato a senador no Distrito Federal nas eleições de 2018. Alvaro Dias, senador eleito pelo Paraná e um dos líderes do partido, já deixou as portas abertas para o craque ingressar no mundo político.

“Existe uma especulação, mas não tenho nenhuma informação oficial. Não tive contato com ele, mas chegou essa informação por pessoas que se dizem autorizadas e próximas dele. Se ele desejar, realmente será bem-vindo. Todo aquele que quer oferecer sua contribuição no momento crucial para o futuro do país deve ser acolhido com honras. É uma figura de alta popularidade e visibilidade incomum, internacional até. Ele seria muito bem-vindo na atividade política”, diz Alvaro Dias.

“Se ele desejar, o Podemos abre as portas para sua participação política. Se ele tiver o êxito que teve nos campos de futebol na política, certamente será vitorioso”, complementa o senador.

VEJA no fim do post o vídeo de Álvaro Dias comentando sobre Ronaldinho Gaúcho

O Podemos já conta com a filiação de outro jogador de renome mundial. Romário, senador eleito pelo Rio de Janeiro, abandonou o Partido Socialista Brasileiro (PSB), em junho, para se juntar ao novo partido. A especulação é que o ‘Baixinho’ estaria por trás das negociações para trazer o ‘R10’ ao Podemos.

Ronaldinho Gaúcho ainda não anunciou oficialmente a aposentadoria. Mas o último clube que defendeu oficialmente foi o Fluminense, em 2015. No início do ano, o Coritiba tentou a contratação do pentacampeão mundial, mas o atleta recusou a proposta e passou a ser embaixador do Barcelona fora dos gramados.

Na política brasileira é comum encontrar boleiros se aventurando. Parceiro de Romário no tetra da seleção brasileira, em 1994, o ex-atacante Bebeto foi deputado estadual pelo Rio de Janeiro entre 2011 e 2014. O ex-goleiro do Grêmio, Danrlei, é atualmente deputado federal no Rio Grande do Sul. Em 2008, Túlio Maravilha também venceu nas urnas: exerceu o cargo de vereador em Goiânia.

Já o ex-centroavante Jardel foi cassado em 2016 do cargo de deputado estadual pelas acusações de corrupção e desvio de verbas.

 

8 recomendacões para você