Brasileirão com casa cheia? Ranking de ocupação dos estádios
Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
Blog Arquibancada Virtual

Brasileirão com casa cheia? Ranking de ocupação dos estádios

Cadeiras vazias da Arena da Baixada.
Taxa de ocupação é um dos dramas do Brasileirão.
Apenas sete clubes do Brasileirão conseguem uma taxa de ocupação média no seu estádio superior a 50%. O campeonato tem se notabilizado pelos espaços vazios nas arquibancadas, com 13 agremiações fracassando na tentativa de preencher ao menos a metade da capacidade máxima das praças esportivas.
Ranking atualizado com a taxa de ocupação dos estádios durante o Brasileirão comprova a falta de mobilização na maioria dos participantes. Com exceção do Corinthians e Palmeiras, nenhum outra agremiação do certame pode dizer que faz da sua casa um caldeirão.

Pior que isso: o Brasileirão na sua totalidade ostenta uma taxa média de apenas 41% de ocupação dos estádios.

O levantamento tem papel relevante no debate sobre a gestão dos clubes no relacionamento com os torcedores. Alguns sofrem com a baixa adesão no plano de sócio, outros apostam na elitização, com ingressos a quase R$ 100 e a maioria não tem uma estratégia específica para conquistar os fãs acomodados com o pay-per-view.

Confira o ranking de ocupação dos estádios no Brasileirão 2017

1º  Corinthians: 38.697 – 81%
Palmeiras: 31.869 – 74%
Vasco: 12.576 – 60%
Flamengo: 14.071 – 57%
Atlético-MG: 13.982 – 53%
Santos:  13.050 – 53%
São Paulo: 35.441 – 52%
Chapecoense: 9.537 – 42%
* Brasileirão: 15.873 – 41% 
  Grêmio: 22.400 –40%
10º Avaí: 7.216 – 40%
11º Bahia:  18.925 – 38%
12º Atlético: 14.974 – 37%
13º Sport: 12.651 – 36%
14º Coritiba: 12.994 – 33%
15º Ponte Preta: 4.930 – 27%
16º Atlético-GO: 4.436 – 27%
17º Cruzeiro: 15.121 – 24%
18º Vitória: 8.955 – 24%
19º Botafogo: 10.410 – 23%
20º Fluminense:  14.463 – 21%
 *O ranking leva em conta a média obtida em cada estádio que mandou partidas e desconsidera jogos com portões fechados.