Blog Arquibancada Virtual

Tragédia no Flamengo: tudo sobre o incêndio no Ninho do Urubu

FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO
FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO

Um incêndio atingiu o alojamento das categorias de base do Flamengo, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, no início da última sexta-feira (8). Dez jovens morreram na tragédia, que também deixou três feridos, um deles em estado grave.

Veja 9 perguntas e respostas sobre a tragédia

Quantas vítimas fatais?

Ao todo, dez jovens morreram em decorrência do incêndio no centro de treinamento do Flamengo (conheça cada um deles). Todos são dos jogadores da base do clube, com idades entre 14 e 17 anos.

  • Arthur Vinicius Silva (14 anos, zagueiro)
  • Athila Paixão (15 anos, atacante)
  • Bernardo Pisetta (14 anos, goleiro)
  • Christian Esmerio (15 anos, goleiro)
  • Gedson Santos (14 anos, atacante)
  • Jorge Eduardo Pereira Santos (15 anos, volante)
  • Pablo Henrique (14 anos, zagueiro)
  • Rykelmo de Souza Viana (17 anos, volante)
  • Samuel Thomas Rosa (15 anos, lateral-direito)
  • Vítor Isaías (15 anos, atacante)

Quem ficou ferido?

O zagueiro Jhonata Ventura, de 15 anos, está em estado grave, com queimaduras em cerca de 30% do corpo, especialmente nos braços, tórax e rosto. Ele foi transferido do Hospital Lourenço Jorge para o Centro de Tratamento de Queimados do Hospital municipal Pedro II, em Santa Cruz.

Kauan Emanuel Gomes Nunes e Francisco Diogo Bento Alves, ambos de 15 anos, não tiveram lesões graves e passam bem, segundo o clube. Eles seguem em observação.

Onde aconteceu o incêndio?

O incêndio atingiu os alojamentos das categorias sub-15 e sub-17 do Ninho do Urubu, o centro de treinamento do Flamengo, localizado em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio. Os bombeiros foram chamados às 5h17, chegaram no local às 5h38 e controlaram as chamas por volta das 7h.

Os atletas que ali moravam seriam transferidos, dentro de algumas semanas, para um novo prédio no CT flamenguista. A defesa civil interditou parcialmente o centro de treinamentos após a tragédia.

Como o fogo começou?

A causa ainda será determinada pela perícia do Corpo de Bombeiros. A principal suspeita é de que as chamas foram causadas por um curto-circuito em um aparelho de ar condicionado.

O alojamento estava irregular?

O dormitório das categorias base ficava dentro dentro de uma estrutura de seis contêineres interligados e não tinha certificado de aprovação dos bombeiros para funcionar. Ou seja, não tinha a documentação que atestava a prevenção contra incêndios.

De acordo com a Prefeitura do Rio, a área onde ficava o alojamento estava descrita nos documentos municipais como estacionamento. “A área também não consta do último projeto aprovado pela área de licenciamento, em 05/04/18, como edificada”, diz a Prefeitura.

Na prática, o clube não tinha permissão do governo municipal para manter o alojamento naquele espaço. A nova licença tem validade até o próximo dia 8 de março e, segundo o município, “não há registros de novo pedido de licenciamento da área para uso como dormitórios”.

O que diz o Flamengo?

Em pronunciamento realizado no sábado (9), o CEO do Flamengo, Reinaldo Belotti, minimizou a falta de licenças do Centro de Treinamento (CT) do clube junto à Prefeitura do Rio e disse que os problemas com a documentação do local não tiveram influência no incêndio.

“Sobre multas, licenças, alvarás… isso não têm nada a ver com o incêndio que ocorreu. Trabalhamos de forma árdua em busca das licenças. Precisávamos de nove certificados para obter o alvará, já temos oito. Estamos em contato permanente com o Corpo de Bombeiros. Não foi por falta de investimentos e nem de cuidados do Flamengo”, declarou o dirigente.

Quantas pessoas estavam no local?

O alojamento tinha capacidade para cerca de 60 pessoas, mas menos da metade dormia no local na noite do incêndio. Isso aconteceu porque o clube deu folga aos jogadores na quinta-feira, em consequência da forte tempestade que atingiu o Rio de Janeiro naquele dia. O treino da sexta também havia sido cancelado.

Desta forma, vários atletas com familiares na região aproveitaram para dormir em casa. Em sua maioria, os garotos que permaneceram no Ninho são oriundos de outras regiões do país.

Os jogos do fim de semana foram cancelados?

A Ferj (Federação de futebol do Rio de Janeiro) cancelou a rodada das semifinais da Taça Guanabara. O Flamengo enfrentaria o Fluminense no sábado (9) e o Vasco jogaria contra o Resende no domingo (10). Os jogos foram remarcados para a próxima semana.

A partida do Fluminense contra o chileno Antofogasta, pela Copa Sul-Americana, na próxima quarta, também foi adiada pela Conmebol.

Como foi a repercussão no mundo do futebol?

Diversos clubes e personalidades do futebol se manifestaram sobre a tragédia, entre eles Neymar, Zico e Romário. A notícia ganhou manchetes nos principais jornais do mundo.

INFORMAÇÕES ATUALIZADAS

Londrinense escapou de incêndio no CT do Flamengo pulando da janela

Zico presta solidariedade e cobra esclarecimentos sobre incêndio no Flamengo

Três ex-atletas do Athletico estão entre as vítimas do incêndio no CT do Flamengo

“Onde meu sonho se iniciou, outros se encerraram de maneira trágica”, lamenta goleiro Wilson

“Me sinto acabado por não ter conseguido tirar todos do incêndio”, relata meia do Flamengo

 

8 recomendacões para você

 
 

mais comentadas da semana