Ex-diretor do Atlético-PR perde chance de ganhar R$ 1 mi de Luciano Huck
Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
Blog Arquibancada Virtual

Ex-diretor do Atlético perde chance de faturar R$ 1 milhão em programa de Luciano Huck

Alberto Maculan foi mal no programa Caldeirão do Huck, no quadro Quem Quer Ser um Milionário.
Alberto Maculan foi mal no programa Caldeirão do Huck, no quadro Quem Quer Ser um Milionário.

Ex-diretor de futebol do Atlético-PR, braço direito de Mario Celso Petraglia durante 11 anos no Furacão, Alberto Maculan foi atração do programa Caldeirão do Huck neste sábado (23).

Desde 2008 longe do futebol, ele encarou o apresentador Luciano Huck da Rede Globo no quadro Quem Quer Ser um Milionário, disputa que coloca perguntas com múltipla escolha de conhecimento geral. Em cada etapa, todas remuneradas com prêmio por acerto, o grau de dificuldade vai aumentando.

Leia também

 >> TABELA DA COPA: confira os jogos, datas e grupos

 >> Simulador do campeão da Copa do Mundo 2018 na Rússia

>> Copa do Mundo: serviço de TV, agenda de jogos e notícias

Hoje aposentado, Maculan não deu sorte. Deixou a atração global com R$ 5 mil, quando errou uma múltipla escolha de cultura que lhe renderia R$ 15 mil. Se tivesse desistido ficaria com R$ 10 mil.

O dirigente atleticano na conquista do título do Brasileirão de 2001 não soube saber qual era a área de atuação das cineastas Anna Muylaert, Laís Bodanzky e Tatá Amaral. Pediu então ajuda do auditório, que não conseguiu ajudá-lo, com respostas divididas. Depois solicitou o apoio de um cunhado por telefone, mas o mesmo não sabia. Por fim, eliminou duas respostas e ficou com 50% de chance, mas chutou errado.

Durante a programação, em conversa com Luciano Huck, Maculan disse que ganhou muito dinheiro no Atlético-PR, mas perdeu tudo. Também contou que trabalhou com técnicos consagrados, como Abel Braga, Antônio Lopes, Geninho e Evaristo de Macedo.

Para participar do quadro é preciso se inscrever no site do Caldeirão e o prêmio máximo de R$ 1 milhão.

Há dez anos, o ex-cartola rubro-negro foi demitido por Petraglia, sem maiores explicações por parte do clube e dele. O hoje comentarista do SporTV, Edinho, entrou no seu lugar.

Maculan contou histórias do período que esteve no Atlético-PR, onde ganhou muito dinheiro. Foto: Reprodução Globo

Maculan contou histórias do período que esteve no Atlético-PR, onde ganhou muito dinheiro. Foto: Reprodução Globo

 

WhatsApp da Copa do Mundo 2018

A Copa do Mundo 2018 no seu celular. Você pode receber mensagens instantâneas, via WhatsApp, para ficar bem informado sobre tudo o que vai acontecer no Mundial da Rússia, com início dia 14 de junho. Para receber diariamente as principais notícias da Copa e da seleção brasileira é muito fácil. Basta seguir os passos abaixo. É simples. Junte-se a nós na Copa do Mundo. As notícias serão enviadas do portal do Gazeta do Povo. Seja bem-vindo ao nosso grupo!