Simulação mostra como fica o Brasileirão dividido entre Globo e Esporte Interativo
Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
Blog Blog do Brasileirão | Gazeta do Povo

Simulação mostra como fica o Brasileirão dividido entre Globo e Esporte Interativo

Brasileirão tv
Grupo Globo (SporTV) e Turner (Esporte Interativo) lutam pelos direitos em tv fechada do Brasileirão a partir de 2019.

Muitos já sabem que as transmissões por televisão dos jogos do Brasileirão da Série A terão importante mudança a partir de 2019 (leia mais aqui para entender). No próximo ano, o SporTV vai ter concorrência na exibição de partidas na TV fechada, com a entrada do Esporte Interativo no mercado.

Vamos então pegar a primeira rodada do Brasileirão 2018 como se ela fosse acontecer em 2019. E simular o impacto dessa divisão na compra de direitos de transmissão na telinha (canal fechado, é bom reforçar). Gráfico no fim da postagem ilustra o racha.

Leia também: Tabela do Brasileirão favorece Flamengo e Palmeiras na briga pelo título, avalia especialista

Importante observar essa regra: pela legislação, um canal só poderá exibir uma partida se tiver contrato com os dois clubes envolvidos nela. É o que diz o artigo 42 da Lei Pelé.

Em dez jogos da rodada inicial, com início neste fim de semana, caso o rateio valesse desde já, três não poderiam ter transmissão de canais fechados, pois um clube acertou com uma emissora a partir de 2019 e outro seguiu caminho oposto – casos de Atlético x Chapecoense, São Paulo x Paraná e Botafogo x Palmeiras .

Estão fechados com o Esporte Interativo 17 clubes (independente de divisão): Atlético-PR, Bahia, Ceará, Coritiba, Criciúma, Figueirense, Fortaleza, Internacional, Joinville, Palmeiras, Paraná, Paysandu, Ponte Preta, Santos, Sampaio Correa e Santa Cruz.

Com a Globo: Corinthians, Santos (apenas Premiere e TV aberta), Ponte Preta e São Paulo (não assinou para TV aberta), Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo, Cruzeiro, Atlético-MG e América-MG, Grêmio, Internacional e Brasil de Pelotas, Paraná Clube (apenas Premiere e TV aberta) e Londrina, Chapecoense, Avaí e Figueirense, Vila Nova, Goiás e Atlético-GO, Vitória, Santa Cruz (apenas Premiere e TV aberta), Sport e Náutico, Ceará (apenas Premiere e TV aberta) e CRB.

Palmeiras, Bahia e Atlético-PR comandam o pelotão de resistência para fechar com o Grupo Globo. O time paranaense, por exemplo, chegou a peitar a emissora durante o Campeonato Paranaense dos últimos dois anos, com transmissões alternativas na internet.

Confira a hipotética simulação da primeira rodada do Brasileirão. E vá se acostumando com essa nova realidade de mercado.

VEJA TAMBÉM:

>> BRASILEIRÃO 2018: veja a tabela completa da Série A

>> SÉRIE B: confira a tabela completa da Segundona

>> COPA DO BRASIL: confira os resultados e o chaveamento completo do torneio

>> LIBERTADORES, SUL-AMERICANA, COPA DO MUNDO: veja todas as tabelas