Breve perfil de Célio Martins

Célio Martins durante os anos da universidade.

Célio Martins é jornalista profissional e escritor, com atuação nos jornais Folha de SP,  Folha de Londrina, Correio do Estado (Campo Grande) e O Estado do Paraná. Atualmente é editor na Gazeta do Povo. Em televisão, trabalhou na TV Iguaçu (SBT), TV Campo Grande (SBT) e Rede CNT.

Graduou-se em Comunicação Social pela Universidade de Londrina e fez o curso de pós-graduação Master em Jornalismo pela Universidade de Navarra.

Produziu reportagens em vários países, com destaque para a cobertura do terremoto do Chile em 2010, duas eleições na Venezuela durante o governo Chávez e uma eleição na França. Atuou ainda na cobertura da posse de Lula, em 2003, quando Brasília foi palco para milhões de pessoas do país inteiro. Cobriu também o primeiro título de Roland Garros conquistado pelo tenista Guga, em 1997, e a Copa do Mundo de Futebol, em 1998, na França.

Em março de 2013 trabalhou durante 10 dias em Cuba, ocasião em que produziu uma série de sete reportagens sobre o país comunista [ confira em https://www.gazetadopovo.com.br/mundo/passagem-para-cuba/conteudo.phtml?id=1373881 ].

Antes de chegar à universidade, trabalhou como boia-fria, frentista de posto de gasolina, auxiliar de escritório, eletrotécnico e assistente administrativo. Teve atuação ainda em grupos amadores de teatro.

Na universidade, participou e teve cargo de direção no movimento estudantil. Integrou a direção da Casa do Estudante da Universidade Estadual de Londrina e foi coordenador do Restaurante Universitário.

Pelos caminhos da Literatura é que começou a escrever em jornais. No final dos anos 70 e início dos 80 publicou seus primeiros poemas, no Jornal da Região, de Andradina, e no Cantinho do Poeta, um espaço criado na Folha de Londrina para os escritores da cidade. Nessa mesma época também foram publicados seus primeiros textos jornalísticos, no Caderno 2 da Folha de Londrina.

De lá para cá, trilhou vários caminhos. Trabalhou como repórter e editor no Correio do Estado (Campo Grande-MS), na TV Campo Grande (MS), na TV Iguaçu (PR) e na CNT (PR). Na área de Literatura escreveu na Folha de S. Paulo, em O Estado do Paraná e diversas publicações literárias.
Publicou dois livros de poemas – Fragmento Urbano e Tempos Incertos –, com número reduzido de exemplares.

Como Literatura é uma das atividades que ele mais admira, nunca parou de escrever. Hoje têm oito livros inéditos, quatro romances, dois livros de poemas e dois de histórias para crianças. Está reunindo crônicas que publicou em jornais para outro livro.

Em 2003 fez o Master em Jornalismo, em São Paulo. Na Gazeta do Povo, onde trabalha atualmente, atuou como repórter e editor de Esportes, Paraná, Brasil e Mundo. Em 1997 recebeu o prêmio Bola de Ouro, em São Paulo, pelas reportagens sobre futebol.

Atualmente é editor na Gazeta do Povo e diretor do Sindicato dos Jornalistas do Paraná.

mais conteúdo após a publicidade

mais comentadas da semana