Blog De Brasília
0

Mais votados da bancada do Paraná gastaram menos de R$ 1 por voto; veja valores

Eleito em 2014 para uma cadeira de deputado estadual, Felipe Francischini (PSL) agora cumprirá mandato em Brasília, na Câmara dos Deputados. Foto: Pedro de Oliveira/Alep
Eleito em 2014 para uma cadeira de deputado estadual, Felipe Francischini (PSL) agora cumprirá mandato em Brasília, na Câmara dos Deputados. Foto: Pedro de Oliveira/Alep

Entre as curiosidades da eleição encerrada em outubro está o bom desempenho nas urnas daqueles que nem gastaram tanto na campanha eleitoral. Entre os 30 deputados federais eleitos pelo Paraná, os dois mais votados gastaram menos de 1 real por voto para conquistar uma cadeira em Brasília. Sargento Fahur (PSD), que informou ter gasto cerca de R$ 165 mil para fazer sua campanha, conquistou 314.963 votos, o maior número entre os eleitos. Ou seja, Fahur gastou R$ 0,52 por voto.

Segundo mais votado da bancada do Paraná, Felipe Francischini (PSL) teve um desempenho ainda melhor, quando considerada apenas a proporção entre despesa e número de votos obtidos. Ele fez 241.537 votos com cerca de R$ 10 mil, apenas. Ou seja, ele gastou R$ 0,04 por voto. Aliados do presidente da República eleito Jair Bolsonaro (PSL), tanto Fahur quanto Felipe vão estrear no parlamento federal, em 2019.

Na outra ponta, estão dois reeleitos da bancada do Paraná: Toninho Wandscheer (Pros) e Luiz Nishimori (PR) registraram os valores mais elevados na busca por um voto. O primeiro gastou R$ 2.028.707,01 para fazer 72.475 votos (R$ 27,99 por voto). Nishimori gastou R$ 2.429.475,40 para fazer 73.344 votos (R$ 33,12 por voto).

Confira logo abaixo o desempenho de todos os 30 eleitos, de acordo com dados disponibilizados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta sexta-feira (9):

Felipe Francischini (PSL) R$ 0,04

Sargento Fahur (PSD) R$ 0,52

Vermelho (PSD) R$ 1,90

Aline Sleutjes (PSL) R$ 2,66

Boca Aberta (Pros) R$ 2,77

Diego Garcia (PODE) R$ 4,91

Filipe Barros (PSL) R$ 4,98

Gustavo Fruet (PDT) R$ 5,12

Luizão Goulart (PRB) R$ 5,45

Gleisi Hoffmann (PT) R$ 5,79

Sandro Alex (PSD) R$ 6,00

Leandre (PV) R$ 7,13

Paulo Martins (PSC) R$ 9,45

Aroldo Martins (PRB) R$ 12,47

Zeca Dirceu (PT) R$ 12,96

Pedro Lupion (DEM) R$ 14,05

Schiavinato (PP) R$ 14,59

Aliel Machado (PSB) R$ 15,37

Ênio Verri (PT) R$ 15,39

Hermes Parcianello (MDB) R$ 15,97

Rubens Bueno (PPS) R$ 16,53

Giacobo (PR) R$ 19,34

Sérgio Souza (MDB) R$ 19,87

Luciano Ducci (PSB) R$ 20,67

Luísa Canziani (PTB) R$ 21,71

Christiane Yared (PR) R$ 22,49

Ricardo Barros (PP) R$ 24,92

Ney Leprevost (PSD) R$ 24,98

Toninho Wandscheer (Pros) R$ 27,99

Luiz Nishimori (PR) R$ 33,12

8 recomendacões para você