Blog Educação e Mídia
0

Atividades montessorianas: Divertidas e educativas

Criado pela médica e pedagoga italiana Maria Montessori (1870 – 1952) no início do século 20, o Método Montessori está hoje em evidência em todo o mundo, em especial pela abordagem precursora, voltada ao desenvolvimento autônomo e individual, com responsabilidade, consciência e solidariedade.

Além de uma avançada proposta para se trabalhar em sala de aula, a metodologia também traz ótimas ideias para a educação infantil e juvenil nas horas de lazer, com atividades divertidas e instrutivas, que podem ser realizadas tanto nas férias quanto nos períodos de feriado que temos programados até o final do ano. Viajando ou ficando na cidade, trazemos aqui sugestões de programas e atividades, inspirados na Metodologia Montessori, para bons momentos de diversão que agreguem aos pais, com leveza, boas oportunidades de formação para os filhos.

Confira três benefícios de trabalhar o Método Montessori na educação dos filhos:

Liberdade de Escolha: as crianças conseguem absorver muito mais informações quando têm liberdade para fazer suas escolhas. Vale, porém, observar: liberdade de escolha não significa fazer o que se quer, sem regras. Liberdade é também conhecer e respeitar a liberdade dos outros, com responsabilidade, respeito e senso de coletividade.

Estimular o interesse: um ambiente acolhedor, que incentive a curiosidade e o interesse da criança e do jovem, é essencial para o desenvolvimento da criatividade. Objetos do cotidiano podem ganhar vida quando a imaginação entra em ação! Músicas, por exemplo, podem ajudar a compor um ambiente estimulante.

Grupos mistos: o contato entre crianças e jovens de diferentes idades e níveis de ensino, podem ser muito benéficos pela troca e compartilhamento de conhecimento e experiências. Algumas atividades que podem ser praticadas em grupos mistos são: desenho, jardinagem, esportes, brincadeiras de rua, etc.

 

Para crianças, há uma série de atividades e brincadeiras divertidas e instrutivas para os períodos de férias e descanso inspiradas na proposta de Maria Montessori. Vale considerar que esta é uma fase da vida agitada, com muita energia e curiosidade, então, para entreter esta turma é preciso trazer algo que possa realmente despertar seu interesse.

Mesclar estas atividades entre lanches e caminhadas, por exemplo, pode deixar seu filho entretido por maior tempo. Veja algumas ideias:

– Para os pequenos, soft books com abertura por velcro são atividades interessantes para que fiquem concentrados

– Nas viagens, conjuntos de feltro são uma ótima pedida. Podem ser também em versão do-it-yourself (faça você mesmo). Vale limitar o número de peças para não dispersar a brincadeira.

– Opções para desenhar também são boa ideia! Pode ser um quadro magnético ou um tapete mágico.

– Envolva as crianças também nas atividades de planejamento, como arrumar sua mochila de viagem, escolher lugares para visitar, planejar um roteiro divertido.

– Uma das atividades incentivadas pelo Método Montessori, e que pode ser desenvolvida a partir dos três anos de idade, é a de separar peças de roupa: envolva seu filho na separação das peças que poderá levar na viagem ou no passeio na cidade.

– Durante a viagem, leve-as para ver os aviões ou outros tipos de transporte localizados no lugar onde vocês estão; mostre mapas do trajeto, traga informações sobre o local que estão visitando.

 

Para os mais crescidos, seguem também algumas sugestões:

– Dê de presente um caderno de anotações, para que possam anotar, desenhar, colar, tudo o que acharem interessante durante o passeio ou a viagem, a partir de sua perspectiva.

– Envolva-os na preparação da viagem. Eles podem planejar, por exemplo, o roteiro em um mapa e planejar o que fazer. Podem também fazer contatos para obter informações e fazer reservas.

– Proponha jogos instrutivos, como de alfabeto e rima.

– Nas viagens, leve um pacote de cartas para que joguem juntos.

– Proponha passeios interessantes e diferentes envolvendo história, cultura e informação, a museus e planetários, por exemplo.

 

São ideias simples, mas que podem tornar as férias divertidas e também envolventes, além de estimular o aprendizado e desenvolver habilidades importantes entre crianças e jovens. Os resultados das aptidões descobertas ou aprimoradas a partir destas atividades tendem a se refletir positivamente no comportamento destes jovens mesmo depois de adultos.

 


*Artigo escrito por Juliana Pedroso, coordenadora de comunicação e marketing do Sion Curitiba. 
O Colégio Sion colabora voluntariamente com o Instituto GRPCOM no blog Educação e Mídia.

**Quer saber mais sobre cidadania, responsabilidade social, sustentabilidade e terceiro setor? Acesse nosso site! Acompanhe o Instituto GRPCOM também no Facebook: InstitutoGrpcom, Twitter: @InstitutoGRPCOM e Instagram: instagram.com/institutogrpcom

 

8 recomendacões para você