Como a Gestão Financeira nas organizações sociais pode ajudar a impactar ainda mais a sua causa - Giro Sustentável
Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
Blog Giro Sustentável

Como a Gestão Financeira nas organizações sociais pode ajudar a impactar ainda mais a sua causa

Ter o propósito de ajudar pessoas, animais, natureza e o que quer que seja através de uma Organização da Sociedade Civil (OSC) é lindo. Acredito que o bem gera o bem e isso para o mundo em que vivemos é transformador. Porém, infelizmente não é apenas essa vontade que trará resultados realmente significativos.

Assim como uma empresa, uma organização sem fins lucrativos precisa cuidar, e muito bem, da sua gestão financeira – do seu dinheiro. E como a gestão financeira entra nesta causa tão grande?

Uma pessoa (física ou jurídica) precisa ser saudável financeiramente. Ela precisa ter condições de sustentar seus projetos, pessoas, estrutura e tudo que a envolve, mas gestão financeira vai muito além disso, pois se você faz um projeto para captar recursos, vão te perguntar como é o controle, vão te pedir prestação de contas, transparência e uma série de outras informações financeiras. Se você vai contratar uma pessoa, definir uma retirada e outras decisões estratégicas são os números financeiros que vão te indicar o caminho correto.

Então, em resumo: uma “gestão financeira é o coração de uma OSC” (frase foi dita por uma aluna da aula Gestão Financeira do Projeto UANÁ, ministrada no ISAE- Escola de Negócios).

  • Gerar informações em detalhes do que acontece com a OSC (quanto dinheiro entra e sai);
  • Gerar transparência para os envolvidos (funcionários, diretores, parceiros, etc…);
  • Gerar confiança da sociedade com aquela instituição.

Esses são alguns dos benefícios de ter a “casa organizada”, porém isso só é possível através de um detalhe muito importante: para ter informações, você precisa gerar informações. Na gestão financeira o que gera informação correta é o Controle Financeiro. O controle precisa ser exato e gerar informações de forma automática.

“Cuidado ao criar você mesmo um controle. Ele realmente precisa ser correto e gerar informações automáticas. Caso contrário, será apenas mais um trabalho chato que não te levará para lugar algum. Então, busque ajuda na internet”

Correto é anotar tudo o que entra e tudo que sai em suas devidas categorias (Plano de Contas), gerando automaticamente um relatório de Fluxo de Caixa. Muitos empreendedores (sociais ou não) sabem da importância deste controle, mas acabam não levando tão a sério quanto deveriam. Se você é realmente comprometido com a sua OSC, a Gestão Financeira será seu maior aliado. Cuide bem da sua organização para cuidar melhor ainda da sua causa.

 

*Artigo escrito por Aleksander Kuivyogi Avalca – Professor de Finanças do ISAE/FGVinstituição parceira do Instituto GRPCOM.

**Quer saber mais sobre cidadania, educação, cultura, responsabilidade social, sustentabilidade e terceiro setor? Acesse nosso site! Acompanhe o Instituto GRPCOM também no Facebook: InstitutoGrpcom, Twitter: @InstitutoGRPCOM e Instagram: instagram.com/institutogrpcom

8 recomendacões para você