Blog Giro Sustentável
0

Isopor é uma marca, um tipo de plástico e é 100% reciclável. Você sabia disso?

Poucas pessoas sabem, mas o “Isopor”, amplamente aplicado em materiais de embalagem, na proteção de alimentos, na indústria e no isolamento térmico e acústico de equipamentos e ambientes, é na verdade um plástico celular rígido, atóxico, inodoro e 100% reciclável. A conhecida marca “Isopor” foi criada pela BASF para facilitar a identificação do material e rapidamente se consolidou como sinônimo do produto.

Produzido a partir do POLIESTIRENO (PS), um polímero termoplástico derivado do petróleo, que é expandido e moldado de acordo com a aplicação final, tem nome técnico POLIESTIRENO EXPANDIDO, ou para facilitar, apenas EPS. Composto de apenas 3% de matéria prima e 97% de ar, o EPS também ajuda a economizar recursos naturais.

É importante que, após o uso, o EPS esteja limpo, livre de impurezas como restos de alimentos, fitas adesivas, cola e outros contaminantes. Para ter o destino correto e ser reciclado, este material deve ser descartado no lixeiro vermelho, junto com os outros tipos de plásticos e encaminhado para a coleta seletiva ou para cooperativas de reciclagem de sua cidade.

Após a triagem (separação mecânica dos resíduos recicláveis), o EPS passa por um processo de “degasagem”, isto é, a retirada do ar incorporado ao material para redução de seu volume e dos custos logísticos. Na indústria recicladora ele é derretido, convertido novamente em matéria prima (PS) e transformado em diversos materiais úteis e ecologicamente corretos: molduras para quadros, perfis decorativos, brinquedos, materiais pedagógicos, peças técnicas, concreto leve, além de outras aplicações.

Por isso, você pode fazer a sua parte. O EPS (Isopor) é um plástico reciclável e ecologicamente correto, basta que seja separado, limpo e encaminhado para a reciclagem. Depois, ajude a espalhar esta boa notícia e torne-se também um amigo da natureza!

*Artigo escrito por Ivam Michaltchuk, especialista em plásticos, consultor e gestor de projetos de reciclagem e educação ambiental. Ivam é palestrante colaborador do projeto “Planeta Reciclável”, do SINEPE/PR, que é parceiro do Instituto GRPCOM.


Os grãos do polímero, que constituem o EPS: material é 100% reciclável.

**Quer saber mais sobre cidadania, responsabilidade social, sustentabilidade e terceiro setor? Acesse nosso site! Siga o Instituto GRPCOM também no twitter.

8 recomendacões para você