Blog Resenha do Poker

Ex-artilheiro do Atlético adota carreira no poker

Foto: Rodolfo Buhrer/Gazeta do Povo

 

O ex-atacante Finazzi, que jogou no Atlético em 2005, encerrou a carreira em 2014. Na sequência, ele até tentou engrenar a carreira como treinador, aproveitando a experiência de 52 passagens em 38 clubes diferentes, trabalhando com 94 técnicos. Sem encontrar um time para começar essa nova trajetória, desistiu e adotou carreira de jogador de poker.

“Hoje estou muito ligado ao poker. Eu já trago esse lado de competição do futebol, que existe no poker, e sou vidrado em números. Fiz Engenharia Civil, me dou bem como professor de matemática e poker é matemática pura”, explicou ao site Gazeta Esportiva.

Conheça 30 famosos que jogam poker

Na mesma matéria, Finazzi contou que 2005 foi o melhor ano da sua carreira, sendo artilheiro do Paulista pelo América de Rio Preto, campeão da Copa do Brasil com o Paulista de Jundiaí e depois indo disputar o Brasileiro no Furacão.

“No Atlético Paranaense eu tive a maior média de gols da minha carreira. Naquele ano inteiro fiz 36 gols, mais que Romário, Robinho e Tevez, perdendo só para o Fred”, recorda.

Entenda por que a prática do poker não é crime no Brasil

Agora sem as chuteiras, os próximos anos de Finazzi devem estar de olho nas cartas. “Hoje eu vivo praticamente o tempo todo no poker e penso nele como investimento futuro”, admite.

Morumbi terá camarote com poker. Opção para a Baixada?

Novidades
Quer receber antes de todo mundo as novidades do Resenha do Poker? Mande um e-mail para robsonm@gazetadopovo.com.br.

Agradecimento

Fica aqui o crédito para o amigo Napoleão de Almeida pela sugestão da matéria do Finazzi. Se você viu alguma coisa legal por aí sobre o mundo do poker, não deixe de escrever!

8 recomendacões para você

 
 

mais comentadas da semana