Lula quer um acordo e o PT não quer ser massacrado - Ricardo Amorim
Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
Blog Ricardo Amorim

Lula quer um acordo e o PT não quer ser massacrado


O ex-presidente Lula está tentando politizar sua prisão para dizer que ele está sendo perseguido, mesmo tendo sido julgado e condenado em duas instâncias, com habeas corpus negado no STJ e no STF. E isso em um STF com sete ministros indicados por governos do PT, ou seja, nem ministros indicados pelo próprio PT acreditam na inocência de Lula. Esse caminho da politização é uma forma de ele conseguir uma posição mais forte de negociação do ponto de vista criminal. Além disso, o PT não tem outra alternativa a Lula, o que força o partido a mantê-lo como seu nome para as eleições para não ser massacrado em outubro.