Restaurantes

11 lugares em Curitiba que misturam cultura e gastronomia

Descubra restaurantes, bares e cafés onde, além de satisfazer o paladar, é possível mergulhar em atividades culturais

por Andrea Torrente e Júlia Ledur, especial para a Gazeta do Povo Publicado em 08/09/2016 às 09h
Compartilhe

Arte & Letra

Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

A cafeteria, livraria e editora mudou-se recentemente para um casarão mais amplo, também no Batel. Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

A livraria inaugurada em 2006, que recentemente mudou de endereço e ampliou o cardápio, realiza exposições de foto, lançamentos de livros e bate papos sobre literatura. Além disso, a cafeteria é também uma editora, com títulos inéditos e fabricados artesanalmente.

>>> Arte & Letra muda de endereço e amplia cardápio, agora com brunch e menu executivo

Entre uma página e outra é possível degustar cafés que homenageiam escritores ou matar a fome com os lanches e pratos da casa. Os destaques ficam por conta do sanduíche vegano Montalbano (R$ 19,90), feito com pão integral, berinjela assada com ervas finas, tomate, tofu ou queijo branco e pesto e do Ratatouille (R$ 23,90), acompanhado de arroz cateto e ricota de castanha.

Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Balcão da cafeteria Arte&Letra. Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Café Gabriela, que homenageia o escritor Jorge Amado. Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Para adoçar, a casa oferece rolinho de canela (R$ 10,50), strudel de maçã com creme (R$ 14,90), além de tortas e bolos. Na seção de cafés, o carro-chefe é o Gabriela (R$ 16,90), que leva espresso, sorvete de baunilha e creme de laranja coberto com coco, além da homenagem ao escritor Jorge Amado no nome.

No cardápio, também há grelhados, saladas e massas. As criações salgadas do cardápio são assinadas pelo chef Luiz Dalla Pria, enquanto que as receitas doces e os pães são feitos pela chef e pâtisserie Mirian Tizzot. Os cafés disponíveis são produzidos pela 4 Beans Coffee Co. A casa também serve almoço executivo de segunda a sexta e brunch aos sábados, das 10h às 15.

Serviço

Alameda Dom Pedro II, 44 – Batel. (41) 3223-5302. Funciona de segunda a sábado das 9h às 20h.

***

Bello Caffé

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

O Bello Caffé tem uma pequena biblioteca com 60 títulos. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

Cafés que tem espaço para leitura. Local: Poetria e Bello Caffè.

Na cafeteria, também há revistas e jogos de quebra-cabeça. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

A cafeteria que abriu em 2011 tem uma pequena biblioteca com cerca de 60 títulos de assunto variado para consulta no local, empréstimo e venda. Entre um café e outro é possível folhear revistas de gastronomia ou filosofia ou se entreter com jogos de quebra-cabeça.

No cardápio estão o cappuccino italiano (R$ 8), o Chai Latte (R$ 7) e o Chocolate europeu (R$ 11), Chocolate cremoso (R$ 9,50). A casa vende também a linha de cafés, Unique e Mantissa, ambos do Sul de Minas, além de produtos como cachaça, como a premiada Porto Morretes (de R$ 9 a 15 a dose), e a Salina de (de R$ 3,50 a 8,50 a dose), e cervejas artesanais Bierbaum e Klein, que custam em média R$ 21.

Para comer, tem pastel integral assado de sabor marguerita (R$ 5,50), pão de batata (R$ 5,50), empada de frango ou palmito (R$ 5), pão de queijo (R$ 2) e pastel de belém (R$ 5).

Serviço

Rua Comendador Macedo, 371 –  Centro. (41) 3079-6977. De segunda a sexta das 9h30 às 20h30 e sábado das 9h30 às 17h.

***

Bistrônauta

O bistrô com pegada moderna tem um salão de mesas decorado com obras de exposições itinerantes, como dos artistas Gustavo Francesconi e Bruno Romã. No andar de cima, um lounge disponível para reservas tem o teto que imita um céu estrelado, com mini lâmpadas. Também há a opção de se sentar na parte externa do restaurante, em um jardim decorado com luzes suspensas nas árvores e uma parede pintada pelo grafiteiro goiano Wes Gama.

Foto: Divulgação

Exposição de Gustavo Francesconi no Bistrônauta. Foto: Divulgação

Parede pintada por Wes Gama. Foto: Divulgação

Parede pintada por Wes Gama. Foto: Divulgação

No cardápio, há entradas, pratos, petiscos e drinks. No almoço, os destaques são o salmão com risoto de camarão (R$ 48) e o Prato do Dia, que varia conforme o dia da semana. Já no jantar, os mais pedidos são o Mignon Brown Sauce (R$ 38), 250g de cubos de mignon com alho poró flambado no conhaque com cesta de pães assados na hora, o Mignon Diable (R$ 38), 250g de cubos de mignon com molho de vinho tinho, tomate e pimenta calabresa com cesta de pães assados na hora, o pinhão enrolado no bacon (R$ 25) e a Lula Piu-piu (R$ 38), tentáculos de lula salteados com azeite de oliva, pimenta dedo-de-moça, alho e tomilho, servidos com cesta de pães.

Jardim externo do Bistrônauta. Foto: Pub Crawl Curitiba

Jardim externo do Bistrônauta. Foto: Pub Crawl Curitiba

Gnocchi a bolonhesa servido no Bistrônauta. Foto: Divulgação

Gnocchi à bolonhesa servido no Bistrônauta. Foto: Divulgação

Serviço

Av. Vicente Machado, 770 – Centro. (41) 3045-6131. Funciona de segunda a quarta das 11h30 às 15h, quinta e sexta das 11h30 às 15h e das 18h à meia-noite e sábado das 12h às 16h e das 18h à meia-noite.

***

Café Bathé

O andar de cima do café que inaugurou em julho de 2016 abriga um acervo com obras de grandes artistas. Foto: Divulgação

O andar de cima do café que inaugurou em julho de 2016 abriga um acervo com obras de grandes artistas. Foto: Divulgação

No espaço que une cafeteria, bistrô e galeria de arte, o cliente pode conferir uma exposição de acervo com obras de mestres como Picasso, Salvador Dalí, Di Cavalcanti e Portinari. Existem obras antigas, com mais de 60 anos, e outras contemporâneas. Não há uma linha específica de identidade entre estilos ou temas. Além do acervo, também há exposições temporárias. Além disso, é possível alugar o espaço para eventos fechados como lançamentos de produtos, livros, festas particulares e empresariais, aniversários e confraternizações.

Sanduíche de costelinha do Café Bathé. Foto: Divulgação

Sanduíche de costelinha do Café Bathé. Foto: Divulgação

O cardápio tem gostinho caseiro de receitas de família, com a assinatura do jovem chef João Gattringer. Os pratos disponíveis atendem a demanda para diversas horas do dia, do café da manhã ao jantar, com massas, grelhados, sanduíches, saladas e caldos. Os destaques são o Sanduíche de costelinha de porco desfiada com molho barbecue (R$ 34), o de Filé mignon com queijo (R$ 32), e o simples e delicioso Buraco quente (R$ 18,90), um sanduíche feito no pão francês crocante recheado com molho bolonhesa e finalizado com queijo parmesão e cebolinha. Há ainda a Batata Bathé (R$ 19,90), porção de batatas assadas em pedaços com casca ao azeita de alecrim, páprica e ervas. Já os cafés são fornecidos pela Distinto Café Especiais, da barista Claudia Bentlin.

Serviço

R. Desembargador Costa Carvalho, 89 – Batel. (41) 3026-7006. Funciona de terça-feira a sábado, das 10h às 19h.

***

Café Camões

café camões em curitiba

O Café Camões abriga exposições de artistas nacionais e internacionais. Foto: Divulgação

A casa inaugurada em 2011 nasceu para agregar a arte do bom café com exposições de várias vertentes nacionais e internacionais, em parceira com a galeria Alexandria. O cardápio conta com diversas tipologias de café, entre eles cappuccino (R$ 8), café espresso e macchiato (ambos R$ 3,50 o pequeno e R$ 4,50 o médio). Para comer, a sugestão é o pastel assado (R$ 5), disponível em vários sabores, como carne, palmito, frango e catupiry, presunto e queijo. Tem também a opção com massa integral. O carro-chefe da casa é o almoço executivo, servido a partir das 11h30, com cardápio que varia todos os dias. O preço dos pratos gira em torno de R$ 20. Outro destaque é o empadão de frango com catupiry e palmito (R$ 9 a fatia). Revistas são disponíveis para consulta.

Serviço

Travessa Nestor de Castro, 259 – Centro. (41) 3044-4862. De segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

***

Café com letras

Foto: Divulgação

Mais de 2 mil títulos estão à venda no Café com Letras. Foto: Divulgação

Um antigo restaurante deu lugar a uma livraria com perfil retrô, em Pinhais. São mais de 2 mil títulos distribuídos pelas prateleiras, com assuntos que vão desde literatura infantil até gastronomia. Todos os livros estão à venda. Junto à livraria, há também uma pequena papelaria, uma loja de presentes e um café.

No cardápio, tem salgados assados (R$ 4,50), empadão de frango (R$ 6) e quiches de sabores variados, como de frango com alho poró, brócolis com gorgonzola, peito de peru com champignon, carne seca, legumes e lorraine. Todos custam R$ 6.

O menu também inclui tortas. As mais pedidas são a cheesecake de frutas vermelhas, amendoim com doce de leite, mousse de dois chocolates e chiffon de morango. Os preços variam de R$ 6,50 a R$ 8.

Foto: Divulgação

Torta chiffon de morango é uma das mais pedidas da casa. Foto: Divulgação

Para beber, a casa serve cafés, como espresso italiano (R$ 3,50), cappuccino (R$ 6,50), cappuccino gelado (R$ 9,90) e latte (R$ 4,50) e sucos.

Serviço

Rua Camilo di Léllis, 633, loja 1 – Pinhais. (41) 3059-0202. Funciona de segunda a sexta das 8h30 às 18h30 e sábado das 10h30 às 17h30.

***

Café e Livraria Solar do Rosário

Foto: Divulgação

É possível acomodar-se na varanda do local, com vista para o calçadão do Largo da Ordem. Foto: Divulgação

A livraria especializada em arte, que desde 1998 faz parte do Solar do Rosário, teve a estrutura adaptada para receber um café. No local, uma privilegiada varanda é voltada para o calçadão do Centro Histórico, um local especial no coração da cidade, que respira cultura.

No cardápio, tem lanches rápidos como empadas, quiches, mini pão de queijo, muffins, pastel de Belém, bolos e tortas sem lactose, além de pequenas refeições como massas e sopas. As comidas são saboreadas ao som de música clássica.

Os drinks quentes e frios à base de café fazem sucesso na casa. Desde a inauguração da cafeteria em 2013, os itens do menu são feitos com o  café italiano Segafredo.

Entre os livros, há títulos de artes plásticas, música, decoração, arquitetura, paisagismo, culinária, fotografia, moda e muitas opções sobre arte paranaense, foco do espaço cultural que existe há 24 anos.

Foto: Divulgação

O foco da livraria são os títulos sobre arte paranaense. Foto: Divulgação

Serviço 

R. Duque de Caxias, 4 – São Francisco. (41) 3225-6232. Funciona de segunda a sexta das 10h às 20h, sábado das 10h às 13h e domingo das 10h às 14h.

***

Le Mundi Café Terapêutico & Livroteca

le-mundi

O espaço que abriu no começo de 2014 visa unir a paixão pela leitura ao prazer do bom café. O acervo conta com cerca de 600 livros de assuntos variados disponíveis para locação. Periodicamente são realizadas ações como Feira de Livros Lidos e Dia da troca de Livros. Quem comanda a casa é Wilmarise Martins, ex comissária de bordo que largou a carreira para estudar e investir no setor da gastronomia aliada à cultura. Se o cliente quiser treinar alguma língua, a própria Wilmarise atende em francês, espanhol e inglês.

No cardápio estão salgados, doces e cafés, entre eles o Chai coffee (R$ 10), café na french press com especiarias, espresso (R$ 5), cappuccino (R$ 9), chococino (R$ 9), cappuccino com chocolate, e chaicino (R$ 9), cappuccino com especiarias.

 

Serviço

R. Sete de Abril, 1181 – Juvevê. (41) 3092-2733. Segunda e terça das 15 às 20h; quarta a sexta das 12h às 20h; sábado das 14h as 19h.

***

Mezanino das Artes

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

Na casa, há livros de arte, fotografias e revistas de história em quadrinho. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

As paredes do restaurante são cobertas por obras de arte. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

Nas paredes do restaurante há obras feitas exclusivamente para o local e reproduções de grandes mestres da pintura mundial. As prateleiras são repletas de livros de arte, fotografia, literatura, poesia e música. Na casa, também há uma coleção de histórias em quadrinho raríssimas. Um jogo americano que imita uma tela branca fica a disposição para os clientes pintarem e se expressarem: os melhores desenhos são expostos na entrada. Além disso, a casa abriga com frequência vernissages e exposições de jovens artistas curitibanos. Em eventos esporádicos, também há contação de história, dança e teatro. Quase todos os dias, as refeições são embaladas por música ao vivo.

No cardápio estão entradas, pratos principais e sobremesas. No almoço é servido o buffet por quilo, com um tema diferente para cada dia da semana, em referência a um país ou continente. O quilo custa R$ 53,90. Depois das 14h30, o almoço “fora de hora” é a la carte. Nesse sistema, os destaques são o salmão com amêndoas (R$ 44), os camarões grelhados com risoto de damasco (R$ 79) e o mignon com fettuccine (R$ 49).

Serviço

Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 805 – Centro. (41) 3222-3439. Funciona de segunda a sexta das 11h30 às 23h e sábado das 12h às 23h.

***

Quintana Café & Restaurante

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

O acervo do Quintana soma cerca de 1500 livros, que podem ser alugados. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

Todo dia, o cardápio homageia a culinária de uma região do mundo. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

A casa conta com uma biblioteca espalhada pela casa com cerca de 1500 livros de assuntos variados, como filosofia, poesia, ficção, drama, infantil e romance. Para pegá-los emprestados basta fazer o cadastro gratuito. O local conta ainda com exposições temporárias de pinturas, fotografias e esculturas.

Todo dia uma Mesa Gastronômica resgata a cultura culinária de alguma região do mundo. São de 25 a 35 pratos diferentes, entre carnes, peixes, massas, batatas, risotos, legumes, grãos, saladas, entradas, terrinas, acompanhamentos diversos, sobremesas e alimentos sem glúten e sem lactose. A cozinha comandada pela chef Gabriela Carvalho prioriza produtos orgânicos e sustentáveis nos preparos e trabalha com ingredientes locais.

Serviço

Av. do Batel, 1440 – Batel. (41) 3078-8944. Funciona todos os dias das 11h30 às 16h. 

***

Santo Grão

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

A cafeteria fica no interior da Livraria da Vila, no shopping Pátio Batel. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

A casa serve pratos, sanduíches, doces, cafés e drinks. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

A cafeteria localizada no interior da Livraria da Vila, no shopping Pátio Batel, serve gastronomia contemporânea e comfort food. Sucos, frappés e iogurtes caseiros são preparados com produtos frescos da época. O café da casa é um blend mineiro orgânico disponível também na opção descafeinado. O cardápio conta também com salgados e pratos, como o salmão grelhado com ratatouille de quinoa (R$ 61,50), a salada ceasar com lascas de frango (R$ 39) e o sanduíche de lascas de mignon com queijo prato, tomate, cream cheese temperado e cebola caramelizada na ciabatta (R$ 42,80).

Na seção de doces, os destaques ficam com o iogurte grego com frutas secas, água de laranjeiras e amêndoas confitadas (R$ 19,50) e a torta de maçã do chef, com pétalas de maçã assadas ao forno com canela e uma bola de sorvete de creme (R$ 21,50).

Para beber, a cafeteria serve drinks, como o Aperol Spritz (R$ 26) e o Bubbles (R$ 26), que leva espumante, purê de framboesa, Absolut e blueberry.

Salmão grelhado com ratatouille de quinoa. Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Salmão grelhado com ratatouille de quinoa. Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Iogurte grego com frutas secas e água de laranjeira. Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Iogurte grego com frutas secas e água de laranjeira. Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Serviço

Avenida do Batel, 354, Piso L3 do Pátio Batel — Batel. (41) 3020-3438. Abre de segunda a sábado das 10h às 22h e domingo e feriados das 14h às 20h. Confira as formas de pagamento.

Compartilhe

8 recomendações para você