Eventos

café especial

Baristas de Curitiba dominam o pódio em campeonato brasileiro

Paraná conquistou a maior parte dos prêmios com quatro cafeterias: Lucca Café, Black Coffee, Moka Clube e O Barista; veja todos os premiados

por Flávia Schiochet Publicado em 02/05/2017 às 14h
Compartilhe

Só deu Curitiba no pódio do Campeonato Brasileiro de Barismo, que terminou nesta segunda (1º de maio), em Varginha (MG). Cinco baristas trazem um troféu para a capital paranaense: Camila Franco, do Lucca Cafés Especiais, conquistou o primeiro lugar na categoria Brewers Cup. Graciele Rodrigues, do Black Coffee, venceu em Latte Art, e Daniel Busch, do Moka Clube, ficou em segundo.

Na categoria Good Spirits, o segundo lugar é do novato Vinicius Kodama, do Moka Clube, e o terceiro lugar é de Igor Salles, do O Barista Coffee Bar. Camila e Graciele representarão o Brasil no campeonato mundial que será disputado em junho em Budapeste, na Hungria.

O Campeonato Brasileiro de Barismo deste ano contou com a participação de 19 profissionais do Paraná entre os 58 competidores totais.

Veja o ranking abaixo.

Os vencedores das quatro categorias do Campeonato Brasileiro de Barismo: Camila Franco, do Lucca Café, venceu o Brewers Cup; Edmilson Generoso, ganhou em Cup Tasters; Graciele Rodrigues, do Black Coffee, ganhou o Latte Art; e o Emerson Nascimento venceu o Coffee in Good Spirits. Foto: Divulgação

Os vencedores das quatro categorias do Campeonato Brasileiro de Barismo: Camila Franco, do Lucca Café, venceu o Brewers Cup; Edmilson Generoso, ganhou em Cup Tasters; Graciele Rodrigues, do Black Coffee, ganhou o Latte Art; e o Emerson Nascimento venceu o Coffee in Good Spirits. Foto: Divulgação

A competição contempla quatro categorias: Brewers Cup, Latte Art, Coffee in Good Spirits e Cup Taster. Atrás do Paraná ficou Minas Gerais com três baristas, e São Paulo e Rio de Janeiro, com dois baristas cada. Participaram das eliminatórias do Brewers Cup 16 baristas. Do Cup Tasters, 27, do Latte Art, 10 e do Coffee in Good Spirits, 9. Os baristas podiam se inscrever em mais de uma categoria.

Vencedores de Curitiba

Graciele Rodrigues coleciona prêmios. A barista do Black Coffee sagrou-se campeã do Campeonato Brasileiro de Baristas em 2012, disputou mundiais na Austrália, China e França e agora vai para Budapeste representar o Brasil na categoria Latte Art, um de seus destaques. A barista passou pelo Café-escola do Senac e pelo Lucca Cafés Especiais, cafeteria responsável pela formação de boa parte dos baristas de Curitiba.

>>> Veja os 18 participantes do Drink Good Coffee 2017

>>> 19 baristas de Curitiba participam do Campeonato Brasileiro de Barismo

Graças à Geórgia Franco, Curitiba se tornou a “Seattle brasileira” através de seu treinamento e trabalho com o Lucca Cafés Especiais. Se foi ela a responsável pelo crescimento dos cafés especiais em Curitiba, o resultado de seu treinamento não seria diferente com a própria filha: este foi o primeiro campeonato do qual Camila, de 21 anos, participou. “Comecei a trabalhar na cafeteria com a minha mãe há um ano. Mas eu ouço sobre café desde criança, por ser o trabalho dos meus pais. A minha irmã, Carolina, participou de muitos campeonatos e eu a acompanhava, ela me ajudou muito. Treinamos minha apresentação por Skype”, contou Camila. Carolina mora na Guatemala, onde trabalha com cafés especiais na Mayaland Coffee.

>>> Conheça o café da Guatemala

Também foi a primeira participação de Vinicius Kodama em um campeonato de baristas. O bartender, que já passou pelo bar do Tiger Cocktails e do +55, competiu na etapa de preparo de drinks com café, o Coffee in Good Spirits. Para a final brasileira, os competidores deveriam preparar um Irish Coffee e um drink autoral. “Ele treinou um mês intensivo com a gente para entender mais de café e saber sobre precisão, com cuidado na receita e colocar o café em evidência no drink”, conta Hugo Rocco, sócio do Moka Clube e medalha de bronze no Campeonato Mundial de Barismo em 2016.

O bartender Vinicius Kodama estudou intensivamente para participar na categoria Coffee in Good Spirits. Foto: Divulgação

O bartender Vinicius Kodama estudou intensivamente para participar na categoria Coffee in Good Spirits. Foto: Divulgação

Hugo e Vinicius se conheceram há poucos meses, quando Vinicius foi ao Moka Clube iniciar um trabalho para a faculdade de design. O Moka também conquistou o segundo lugar na categoria latte art, com Daniel Busch, que coleciona reconhecimentos na área há alguns anos. Ele passou pelo New York Cafe e Rause Café+Vinho. “Não poderíamos estar mais felizes. Esta é a primeira vez que o Moka Clube participa do Campeonato Brasileiro de Barismo e conseguimos dois troféus. A preparação foi rápida e os resultados foram ótimos”, comemora Hugo.

Daniel Busch conquistou o segundo lugar na categoria de Latte Art no Campeonato Brasileiro de Barismo. Foto: Divulgação

Daniel Busch conquistou o segundo lugar na categoria de Latte Art no Campeonato Brasileiro de Barismo. Foto: Divulgação

Em terceiro lugar na categoria Coffee in Good Spirits ficou Igor Salles, do O Barista Coffee Bar, cafeteria de Léo Moço, um dos baristas mais reconhecidos nacionalmente.

Resultado do Campeonato Brasileiro de Barismo 2017

Brewers Cup

1 – Camila Franco, Lucca Cafés Especiais (PR)
2 – Lucas Salomão, Pasquali Máquinas (SP)
3 – Midori Martins, UM Coffee Co. (SP)

Latte Art

1 – Graciele Rodrigues, Black Coffee (PR)
2 – Daniel Busch, Moka Clube (PR)
3 – Emerson Nascimento, Curto Café (RJ)

Coffee in Good Spirits

1 – Emerson Nascimento, Curto Café (RJ)
2 – Vinicius Kodama, Moka Clube (PR)
3 – Igor Sales, O Barista Coffee Bar (PR)

Cup Tasters

1 – Edmilson Generoso (MG)
2 – Wellington Pereira (MG)
3 – José Naves (MG)

Compartilhe

8 recomendações para você