Bebidas

Produto nacional

+55 amplia espaço e lança carta de drinks com cachaça

As bebidas criadas por Lukinhas Siqueira valorizam o Brasil

por Katia Michelle, especial para a Gazeta do Povo Publicado em 16/11/2015 às 14h
Compartilhe
Big Lebowski - releitura de um clássico, feito com cachaça. Foto: Marcelo Krelin.

Big Lebowski – releitura de um clássico, feito com cachaça. Foto: Marcelo Krelin.

Valorizar o que o Brasil tem de melhor, incluindo a cachaça. Essa é a proposta do bartender Lukinhas Siqueira para a nova carta de drinks do Bar + 55, em Curitiba, que acaba de inaugurar um deck externo.

Lukinhas Siqueira quer valorizar a cachaça, produto nacional. Foto: Kely Kachimareck.

Lukinhas Siqueira quer valorizar a cachaça, produto nacional. Foto: Kely Kachimareck.

Essa é a terceira vez que  Lukinhas cria um cardápio com drinks exclusivos para a casa. Todas as bebidas podem ser feitas com bases alcoólicas a escolha do cliente, mas ele valoriza a cachaça como produto principal, principalmente pela origem brasileira. Até nas criações inspiradas em drinks já existente, ele lança mão da bebida tipicamente nacional para diferenciar o sabor.

“A cachaça tem um sabor incrível e é nossa. É brasileira. Nós precisamos valorizar mais essa bebida”, defende Lukinhas.  Ele exemplifica com uma releitura que fez para o drink Big Lebowski, feita com licor de cachaça de café, leite e canela. A bebida é servida em uma caneca personalizada, que tem, inclusive, a assinatura de Lukinhas.

Os drinks do + 55 têm preços que variam de R$ 15 (Caipirinha tradicional, com cachaça, limão taiti, açúcar e cana de açúcar) a R$ 32 (Tropicália, com manga, laranja bahia, pimenta rosa, gengibre e cachaça ou base alcoolica a escolha do cliente). O bartender  recomenda que as pessoas provem a cachaça, mas que podem escolher qualquer outras bases para a produção dos drinks. Outros diferenciais estão na releitura de clássicos, como o Mojito, e na apresentação, como as caiporinhas, servidas em compotas.

O bartender que migrou de São Paulo para Curitiba para estudar dança e acabou atrás do balcão do Vox (e há três anos assumiu o + 55) venceu este ano o Cocktail Journey, que elege os melhores bartenders do país. Para ele, o desafio está em propor novas experiências para as pessoas. Sobre a “tendência” de abertura de bares voltados a esse tipo de bebida em Curitiba, ele diz que é uma necessidade do público, que quer conhecer novos drinks, além dos convencionais.

Caiporinha: capiras com cachaça e servidas em compotas. Foto: Marcelo Kreling.

Caiporinha: capiras com cachaça, servidas em compotas. Foto: Marcelo Kreling.

Mojito Rouge: frutas vermelhas, limão taiti, clube soda, simple syrup e rum.

Mojito Rouge: frutas vermelhas, limão taiti, clube soda, simple syrup e rum.

Compartilhe

8 recomendações para você