Bar do Celso

Bebida

6 cervejas sem glúten à venda no Brasil

O colunista Luis Celso Jr mostra seis rótulos para quem tem alergia ou intolerância à proteína

por Luis Celso Jr. Publicado em 20/09/2015 às 22h
Compartilhe

Em 2009, publiquei um material no qual noticiava a chegada ao país de uma cerveja gluten free. Tratava-se da espanhola Estrella Damm Daura, que encontrou aqui no Brasil um mercado ainda pequeno voltado para pessoas com sensibilidade ao glúten – proteína encontrada em alguns grãos, como trigo, aveia, cevada, centeio e seus derivados – e principalmente com a doença celíaca, causada pela intolerância permanente do organismo ao componente. O glúten está presente em alimentos do dia a dia como massas, pães, bebidas, alguns doces, etc. Já imaginou quão difícil é, cotidiana e socialmente, não poder comer aquela simples pizza ou tomar uma cervejinha?

Recentemente, tenho me deparado cada vez mais com pessoas nessas condições. Pesquisas apontam que cerca de 1% da população mundial seja portadora, mas apenas 5% dessa faixa desenvolvem a doença. Fala-se que em torno de 2 milhões de brasileiros sejam celíacos e muitos outros tem abandonado voluntariamente o glúten por diversas razões. Felizmente para os cervejeiros muita coisa mudou de lá para cá. O mercado cresceu, os produtos evoluíram e mais estabelecimentos especializados foram criados – há até e-commerce focado apenas em cervejas sem glúten, o porto-alegrense No Freaking Glúten Beer! Também há um maior número de cervejas desse tipo pelo mundo, mais delas chegam por aqui e temos até cervejarias artesanais nacionais focadas nisso.

É o caso da Lake Side Beer, marca da microcervejaria Farrapos, de Passo Fundo (RS), a primeira produzida no país sem glúten e graças a um processo enzimático desenvolvido e patenteado pelo sócio-proprietário Paulo Veit. As cervejas tem níveis de glúten residual abaixo de 6ppm (partes por milhão), o que é considerado muito seguro para quem tem intolerância, um ótimo sabor e uma linha com estilos variados, que vai da American Lager a uma premiada Rye Beer, feita com centeio e em parceria com a curitibana F#%*ing Beer. Uma outra forma de fazer essas cervejas é utilizando grãos sem glúten, como trigo mourisco, sorgo, painço, quinoa, arroz, etc. É o caso da Grisette, uma Blond Ale produzida pela tradicional cervejaria belga St. Feuillien, e da canadense Glutenberg. Destaco ainda duas outras brasileiras: Tássila, de trigo sarraceno feita pela catarinense Saint Beer, e a paulista Tivva, uma American Lager de malte de cevada.

 

Lake Side Beer Lager. Foto: Divulgação

Lake Side Beer Lager. Foto: Divulgação

Lake Side Beer Lager
Estilo: American Lager
Embalagem: 600 ml
Teor alcoólico: 4,5% ABV
Preço: entre R$ 16 e R$ 20
Origem: Passo Fundo (RS)

 

 

Estrella Damm Daura. Foto: Divulgação

Estrella Damm Daura. Foto: Divulgação

Estrella Damm Daura
Estilo: American Lager
Embalagem: 350 ml
Teor alcoólico: 5,5% ABV
Preço: entre R$ 20 e R$ 23
Origem: Espanha

 

St. Feuillien Grisette. Foto: Divulgação

St. Feuillien Grisette. Foto: Divulgação

St. Feuillien Grisette
Estilo: Belgian Blond Ale
Embalagem: 250 ml
Teor alcoólico: 4,5% ABV
Preço: entre R$ 15 e R$ 19
Origem: Bélgica

 

Glutenberg IPA. Foto: Divulgação

Glutenberg IPA. Foto: Divulgação

Glutenberg IPA
Estilo: American IPA
Embalagem: 473 ml
Teor alcoólico: 6% ABV
Preço: entre R$ 17 e R$ 20
Origem: Canadá

 

American Lager da Tivva. Foto: Divulgação

American Lager da Tivva. Foto: Divulgação

Tivva
Estilo: American Lager
Embalagem: 355 ml
Teor alcoólico: 4,5% ABV
Preço: entre R$ 13 e R$ 15
Origem: São Paulo

 

Weizenbier Tássila. Foto: Divulgação

Weizenbier Tássila. Foto: Divulgação

Tássila
Estilo: Weizenbier
Embalagem: 300 ml
Teor alcoólico: 3,6% ABV
Preço: entre R$ 9 e R$ 18
Origem: Forquilhinha (SC)

*Os preços servem apenas como referência. São valores aproximados, com base nas indicações dos fabricantes, distribuidores e importadores.

Compartilhe

8 recomendações para você