i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
passo a passo

Como fazer kombucha?

Consumido há séculos no Oriente, o chá fermentado foi redescoberto deste lado do oceano. Aprenda a fazer esta bebida em casa

  • PorFlávia Schiochet
  • 08/11/2016 14:52
Passo-a-passo do kombucha para a revista Bom Gourmet . bebida viva , suco vivo , chá . Local: Núcleo Esrilo de Vida.
Passo-a-passo do kombucha para a revista Bom Gourmet . bebida viva , suco vivo , chá . Local: Núcleo Esrilo de Vida.| Foto: Gazeta do Povo

Uma bebida gaseificada, levemente ácida e pouco adocicada, mas que não é espumante, nem refrigerante. É o kombucha, um chá fermentado. O nome parece japonês, mas há registros de que a cultura viajou do Oriente Médio ou da Rússia em direção ao país nipônico. Hoje se encontra em países de todos os continentes, especialmente nos Estados Unidos, onde a produção passou de artesanal para escala industrial.

Kombucha em três momentos: nas garrafinhas, após a segunda fermentação. Na jarra com líquido mais claro, a bebida pronta após primeira fermentação. Ao fundo, o chá com o scoby ou "panqueca" no primeiro dia de fermentação. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo
Kombucha em três momentos: nas garrafinhas, após a segunda fermentação. Na jarra com líquido mais claro, a bebida pronta após primeira fermentação. Ao fundo, o chá com o scoby ou "panqueca" no primeiro dia de fermentação. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

Em Curitiba, Claudia Cardoso abriu a Biozen Kombucha há pouco menos de um ano e, a pedido do Bom Gourmet, ensina a receita caseira que costumava preparar em casa antes de expandir sua produção. O chá é preparado com bastante açúcar, que vai alimentar a colônia de bactérias e fungos presente na “panqueca” e transformar o líquido em kombucha. É preciso de um meio ácido para começar a fermentação: pode-se acrescentar vinagre de maçã ou parte de um kombucha pronto. Para conseguir uma colônia, grupos do Facebook e blogs sobre kombucha doam as “panquecas”.

Após a primeira fermentação, a cor da bebida muda bastante: passa de um chá preto para um tom mais amarelado. A sugestão da empresária é, depois da primeira fermentação, saborizar o kombucha com suco de fruta de sua preferência e fermentar por mais dois dias em recipiente fechado para gaseificar. Depois, deixar em geladeira para parar a fermentação e beber gelado.

 

 

Veja a receita

Ingredientes

Ingredientes no sentido horário: scoby ou "panqueca", responsável pela fermentação do chá; vinagre de maçã; uma jarra limpa de vidro; açúcar; gaze e barbante para prender e sachês de chá preto. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo
Ingredientes no sentido horário: scoby ou "panqueca", responsável pela fermentação do chá; vinagre de maçã; uma jarra limpa de vidro; açúcar; gaze e barbante para prender e sachês de chá preto. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

2 litros de água mineral
¾ de xícara de açúcar cristal orgânico (150 g)
4 ou 5 saquinhos de chá preto (ou 7 gramas de chá preto)
2 colheres de sopa de vinagre de maçã (ou 1 xícara de chá já fermentado)
1 “panqueca” de kombucha

Dica: Há fóruns e grupos no Facebook com pessoas que doam a “panqueca” ou o scoby, como é chamada a colônia do kombucha.

Rendimento: 2 litros

 

Modo de preparo

Passo 1

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo
Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

Em uma panela, ferva 2 litros de água e assim que começar a borbulhar, desligue o fogo. Coloque o açúcar e mexa até dissolver.

 

Passo 2

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo
Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

Acrescente os sachês de chá. Deixe descansar de 10 a 15 minutos, descarte os sachês e espere o chá esfriar.

 

Passo 3

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo
Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

Coloque o líquido em um recipiente de vidro e acrescente o vinagre de maçã (ou o chá fermentado).

 

Passo 4

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo
Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

Coloque o scoby, ele é fundamental para o chá fermentar.

 

Passo 5

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo
Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

Cubra o recipiente com um pano limpo e prenda com um elástico. Deixe fermentar de 12 a 25 dias em um ambiente seco, arejado e sem incidência de luz direta.

A partir do 12.º dia, prove um pouco todos os dias até que chegue a um sabor azedinho e levemente adocicado que seja agradável ao paladar. Retire o scoby da jarra e guarde-o em outro recipiente com um pouco de kombucha para uma próxima fermentação. O líquido está pronto para beber, mas é possível fazer uma segunda fermentação.

Encha garrafinhas ou potes de vidro com o kombucha até um pouco mais da metade. Preencha o restante com o suco de sua preferência e feche bem. Coloque as garrafas fechadas em ambiente seco, fresco, longe da luz e deixe-as descansar de 3 a 5 dias. Refrigere antes de consumir.

Tempo: 30 minutos de preparo e no mínimo 15 dias de fermentação.

Custo: R$ 6

 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.