Eventos

SEMIFINALISTAS

Dois bartenders paranaenses disputam vaga na final de campeonato de coquetelaria

Leo Nogueira e Zé Swaiger estão entre os dez profissionais que concorrem a três vagas na final nacional do Bacardí Legacy

por Bom Gourmet, com colaboração de Amanda Lüder Publicado em 22/10/2017 às 18h
Compartilhe

O Paraná está muito bem representado no Bacardi Legacy, uma competição de coquetelaria realizada em todo o mundo. Leo Nogueira, da La Champagneria, e Zé Swaiger, do Nômade, estão entre os dez semifinalistas do concurso. É a primeira competição dos dois bartenders, que tem 25 anos de idade.

Para chegar nessa etapa, os bartenders enviaram receita, foto, história e método de preparo de seus drinks. Foram mais de 100 inscritos, avaliados por critérios como nome do coquetel, inspiração, originalidade, apelo visual, replicabilidade do drinque em bares de coquetelaria e coerência com a proposta. Os outros competidores na semifinal são de São Paulo, Rio de Janeiro, Alagoas e Rio Grande do Sul.

>> Conheça os seis espumantes que ganharam prêmio de destaque no Concurso do Espumante Brasileiro

>> Provamos às cegas 21 vinhos Chardonnay chilenos; confira os aprovados

Conheça os curitibanos semifinalistas

Leo Nogueira

Leo Nogueira é o head bartender da La Champagneria, onde atua desde a abertura da casa, em julho deste ano. O drinque apresentado no concurso é o Estado Del Arte, que leva Bacardi Oro, St. Germain Elderflower Liqueur, Campari, Peychaud’s Bitter e espumante brut rosé.

O Estado Del Arte é o drink criado por Leo Nogueira para a competição. Foto: Divulgação.

O Estado Del Arte é o drink criado por Leo Nogueira para a competição. Foto: Divulgação.

Leo afirma que a própria proposta do concurso o inspirou a criar esse coquetel. “Entre os critérios de avaliação tem a originalidade. Optei por ingredientes que não são muito comuns em conjunto”. O objetivo do bartender é fazer um tributo à arte, e representar o ápice da tecnologia e da representação artística por meio de seu drink.

Zé Swaiger

Zé Swaiger é de Cianorte, interior do Paraná, e trabalha como bartender no restaurante Nômade, no Hotel Nomaa, desde outubro de 2015. O drink criado por ele é o Bacardi Grand Cru, que leva Bacardi 8 anos, vinho branco Sauternes e sal. Zé explica que sua intenção foi criar “um sabor único que vem do melhor: o melhor do vinho francês e o melhor do rum cubano juntos em um coquetel”.

O Bacardi Grand Cru é a criação de Zé Swaiger especialmente para o concurso. Foto: Divulgação.

O Bacardi Grand Cru é a criação de Zé Swaiger especialmente para o concurso. Foto: Zé Swaiger.

Zé também também já trabalhou em um bar na sua cidade-natal, e no Soul Rock Club, que ficava no bairro São Francisco em Curitiba.

Seleção para a final do Bacardi Legacy

No dia 30 de outubro, será realizada uma prova em São Paulo que define quem serão os três finalistas do país. Cada participante terá quinze minutos para preparar a bancada e apresentar dois drinks idênticos, que serão avaliados por um corpo com dez jurados especializados. Os três grandes finalistas participarão de uma nova etapa que dura três meses, e avalia a capacidade dos coquetéis se tornarem clássicos.

LEIA TAMBÉM:

Compartilhe

8 recomendações para você