Pessoas

Centro Cívico

Prestigiado banqueteiro assume gestão do MON Café

Sanduíches, saladas e pratos feitos com ingredientes frescos e da estação serão implementados pelo chef Flávio Frenckel, da empresa de eventos Anis Gastronomia

por Andrea Torrente Publicado em 20/02/2017 às 08h
Compartilhe
café do mon curitiba

O café do Museu Oscar Niemeyer tem capacidade para 60 pessoas e fica no vão do museu. Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo.

O cardápio do MON Café, localizado no vão do Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, está passando por uma reformulação total comandada pelo chef Flávio Frenkel, do Anis Gastronomia. Conforme informado pelo Blog do Bessa, na quinta (16), a direção do museu realizou um processo de oferta pública para a administração do MON Café e obteve três propostas.

O chef assumiu a cozinha do local na semana passada e já está trabalhando para implementar o novo cardápio. “O acordo prevê que eu acabe com o estoque da antiga gestão substituindo aos poucos as opções do cardápio”, explica o chef, que é especializado ema charcutaria e na valorização dos ingredientes e dos produtores locais. A sua empresa prepara banquetes para eventos da alta sociedade curitibana e o chef comanda também a loja Anis Presto, na Mercadoteca, em Curitiba.

O foco do novo menu serão os sanduíches recheados com os embutidos que o próprio Frenkel produz como cracóvia, pastrami, presunto grelhado na chapa de ferro e bresaola (feita com retalhos bovinos). Terá também sanduíches nas versões vegetariana e vegana. Os pães serão de fermentação natural.

“Trabalharemos com ingredientes frescos e da estação diferentemente do que vinha sendo feito nos últimos 12 anos quando a produção era terceirizada e os ingredientes congelados”, afirma Frenkel.

Presunto de leitão curado em casa

Dudu Sperandio compra restaurante italiano por quilo e reformula o cardápio

10 cervejas artesanais perfeitas para provar no verão

Chef Flavio Frenkel do anis gastronomia em curitiba

O chef Flavio Frenkel, especializado na charcutaria e na valorização dos ingredientes locais, é dono do Anis Gastronomia e do Anis Presto. Foto: Brunno Covello/Gazeta do Povo.

A linha de cafés será feita exclusivamente com grãos do Norte do Paraná. “Após torrado, o café vai passar por um período de cinco dias de espera, que serve para amadurecer a torra, e a partir do sexto dia será servido. Mas sem passar do décimo dia para manter o frescor do café”, explica o chef. Os preços, que estão congelados há três anos, serão reajustados.

O menu do almoço também será alterado e passará a contar com um prato do dia e outras opções, como massas, grelhados e saladas com preços que vão de R$ 20 a R$ 35, além das versões menores para crianças. No almoço de fim de semana, a pegada será mais de bistrô com pratos que valorizam os ingredientes da estação.

Presunto de leitão curado do chef Flávio frenkel

Presunto do chef Flávio Frenkel, da Anis Gastronomia. Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo.

Outro destaque são as saladas caprichadas ao ponto de poder substituir uma refeição completa. Entre as opções estarão a de lombo de atum cozido lentamente no azeite, a de legumes grelhados, a de salmão defumado, a caprese, a grega com feta e a alface americana com molho de Martini e bacon ou com molho de iogurte e limão. Os preços vão variar de R$ 15 a R$ 25.

A linha de confeitaria vai apostar nas tortas de diversas culinárias como italiana, alemã e polonesa com opções para vegetarianos, veganos e para a clientela com restrições alimentares. Para acompanhar terá chás gelados e sucos frescos feitos com frutas da época.

O café tem capacidade para 60 pessoas e não sofrerá mudanças na parte de decoração.

***

Serviço

Museu Oscar Niemeyer, Rua Marechal Hermes 999, Centro Cívico – (41) 3350-4400. De terça a domingo das 10 às 19h. Capacidade para 60 pessoas.

Compartilhe

8 recomendações para você