i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Tecnologia

Aplicativo gratuito usa inteligência artificial para harmonizar vinhos e pratos

Lançado há pouco mais de um mês, o Eniwine sugere os rótulos ideais de acordo com os ingredientes escolhidos para cada tipo de prato

  • PorGuilherme Grandi
  • 13/10/2019 14:00
O aplicativo oferece, ainda, serviços de vitrine de compras e clube de assinaturas. Foto: divulgação.
O aplicativo oferece, ainda, serviços de vitrine de compras e clube de assinaturas. Foto: divulgação.| Foto:

Escolher o vinho ideal para o jantar pode ser difícil para quem não conhece muito sobre como harmonizar diferentes pratos com a bebida. E nem sempre a máxima de que o tinto cai bem com carnes vermelhas ou o branco com peixes é a melhor opção. Um aplicativo gratuito disponível para Android e IOS lançado há pouco mais de um mês promete ajudar nessa tarefa, sugerindo o vinho ideal de acordo com os mais diferentes pratos e ingredientes usados.

O aplicativo oferece, ainda, serviços de vitrine de compras e clube de assinaturas. Foto: divulgação.
O aplicativo oferece, ainda, serviços de vitrine de compras e clube de assinaturas. Foto: divulgação.

O Eniwine levou dois anos para ser desenvolvido e conta com mais de 1.200 rótulos cadastrados em pelo menos 50 mil combinações e variáveis de ingredientes e pratos, dos mais simples aos mais complexos. O aplicativo permite que o usuário escolha uma receita já pronta para a harmonização, ou monte o seu próprio preparo para saber qual vinho combina melhor.

Marcelo Abrileri, criador do Eniwine, afirma que isso é possível a partir de uma análise feita por uma equipe de dez sommeliers. São mais de 100 características mapeadas em cada vinho sugerido, que vão combinando com as escolhas feitas pelos usuários.

“Um sistema de inteligência artificial se encarrega de analisar as características que nós mapeamos com as que os usuários escolhem, e isso vai alimentando o banco de dados do aplicativo. O harmonizador inteligente leva em consideração o tipo de comida, o modo de preparo, o molho, além dos ingredientes-chave, e vai fazendo uma espécie de pontuação para sugerir os vinhos ideais”, explica.

É possível escolher receitas já prontas que vão da culinária regional paranaense, como o barreado, aos pratos mais tradicionais para serem consumidos com vinho, como massas e risotos. Há ainda sugestões curiosas como harmonizar um simples arroz e feijão com tintos gamay e pinot noir, uma coxinha com os brancos pinot grus e sauvignon blanc, ou ainda um pastel de carne com um espumante moscato ou prosecco.

Simples de usar

A tela do aplicativo oferece as opções de escolher um prato já pronto ou montar o próprio, e ainda sugestões curiosas de harmonização. Foto: redação.
A tela do aplicativo oferece as opções de escolher um prato já pronto ou montar o próprio, e ainda sugestões curiosas de harmonização. Foto: redação.

A pedido do Bom Gourmet, os sommeliers Wagner Gabardo, da escola de difusão da cultura do vinho Alta Gama, em Curitiba, e Elis Cabanilhas Glaser, editora da Revista Vinícola, testaram o Eniwine durante uma semana. Ambos avaliaram que o aplicativo é fácil de usar e coerente com as sugestões de harmonização.

Gabardo conta que o sistema já foi lançado com um bom banco de dados de vinhos e pratos, o que às vezes é um problema para estas novas ferramentas. No entanto, ressaltou que alguns preparos personalizados poderiam ser mais aprofundados.

“Eu pensei num prato asiático, o curry thai de frango, que tem a base do molho de leite de coco, e faltou essa opção. As bases sugeridas estão muito na cozinha clássica ocidental, sem pensar em outras opções de pratos. Mas, no geral, o aplicativo atende ao que se propõe”, disse após o teste.

Elis Cabanilhas Glaser afirma que as sugestões ainda são repetitivas, já que o aplicativo está há pouco tempo no ar. Apesar disso, ela acredita que ele cumpre bem o papel para sanar dúvidas de quem procura uma ajuda rápida.

“Por vezes, o apreciador de vinhos que não domina essa arte se vê em maus lençóis, com dificuldade de ter um acesso rápido a essa informação. Principalmente quando as harmonizações são específicas. Mas a sugestão técnica está interessante e é uma boa dica para quem busca uma informação rápida”, analisa.

O aplicativo teve um investimento de R$ 2 milhões feito pelo empresário que já trabalha com ferramentas para a internet desde meados da década de 1990, e já conta com cerca de 5 mil usuários.

Veja também

App se baseia nas fases da lua e estações para indicar qual vinho tomar

Concha y Toro lança três rótulos de linha premium no Brasil

Castanha da Mata Atlântica, sapucaia começa a aparecer nas cozinhas brasileiras

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.