Foto: Alexandre Mazzo/Gazeta do Povo
Foto: Alexandre Mazzo/Gazeta do Povo| Foto: (Windows)

“O que você deseja, uma caneca de “In”, de “Out” ou de “I Don’t Know”? Uma cervejaria de Leeds, do norte da Inglaterra, propõe três novas variedades de cerveja, de acordo com a preferência do cliente a favor ou contra a permanência do Reino Unido na União Europeia. O referendo será na próxima quinta (23).

>>> Bierbaum, de SC, é eleita a melhor cervejaria da América Latina

>>> Coco Bambu tem data marcada para abrir em Curitiba

>>> Loja de chef argentino tem 120 sabores de empanadas, alfajores e medialunas

Administrada por um casal anglo-holandês em Leeds (norte), a “Little Valley Brewery” fabricou 5.600 litros de três “pale ales” diferentes, batizados de “In”, “Out” e “IDK” (como “I Don’t Know”, eu não sei).
Os apreciadores de cerveja são convidados a fazer sua escolha de acordo com sua intenção de voto no referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia em 23 de junho e, em seguida, a iniciar um diálogo com o vizinho.
“Sabemos que todo mundo acredita ser um especialista em política quando está num pub. Nossas cervejas vão ajudar a alimentar o debate”, anuncia Sue Cooper, co-proprietária pró-UE da cervejaria.

De acordo com os resultados preliminares realizados pela AFP no “The Aire Bar” em Leeds, a variante defendendo a manutenção da UE está vencendo. “Isso faz todo mundo falar, com certeza”, disse Rose Perry, uma garçonete do bar.
Cada uma das três cervejas tem sua própria personalidade. A “In” é “frutada e muito influenciada pelo espírito continental”, explica Sue Cooper. A “Out” é “uma cerveja leve, com uma pitada pronunciada de euroceticismo e um sabor seco e amargo”. Quanto à “IDK”, ela tem um gosto “doce de malte que desce de forma redonda que leva a pensar”.

A cervejaria planeja publicar os resultados de suas vendas pouco antes do referendo. Enquanto isso, ela recebeu na sexta-feira a visita do vice-presidente do Partido Trabalhista, Tom Watson, favorável a uma permanência na União Europeia.
“A ‘In’ é de uma qualidade excepcional e deve ser consumida por tantas pessoas quanto possível”, suplicou ele.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]