Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
negroni sbagliato le voleur de velo
negroni sbagliato le voleur de velo| Foto: Marcelo Andrade
Mirko Stocchetto, barman que criou o Negroni Sbagliato em 1968. Foto: Divulgação.
Mirko Stocchetto, barman que criou o Negroni Sbagliato em 1968. Foto: Divulgação.

Às vezes, um erro pode dar muito certo. Na coquetelaria internacional, o caso mais célebre é sem dúvida o do barman Mirko Stocchetto, proprietário do Bar Basso, em Milão, que em 1968 criou sem querer um novo drink que em seguida conquistaria o mundo, o Negroni Sbagliato, Stocchetto morreu nesta semana na Itália aos 86 anos e o enterro foi realizado nesta quarta (9), de acordo com o jornal italiano Il Giornale.

>>> Aprenda a fazer o Negroni Sbagliato do Le Voleur de Velo

>>> De volta a Curitiba, bartender Lukinhas Siqueira assume novo cocktail bar

>>> Tiger Cocktails de Igor Bispo reabriu em novo endereço

O bartender foi durante décadas uma das figuras mais renomadas da coquetelaria italiana e seu Bar Basso conta atualmente com uma lista de 500 drinks. Originário de Veneza, onde trabalhou no Harry’s Bar, local frequentado inclusive por Ernest Hemingway, Stocchetto se mudou nos anos 1960 para Milão onde comprou o bar do empresário Giuseppe Basso, em Via Plinio.

O tradicional Bar Basso, em Milão, tem carta com 500 drinks. Foto: Divulgação.
O tradicional Bar Basso, em Milão, tem carta com 500 drinks. Foto: Divulgação.

Ali nasceu um belo dia de 1968 o célebre Negroni Sbagliato (sbagliato significa errado, em italiano), uma versão mais leve do tradicional Negroni. A história narra que ao preparar a receita original – que leva Campari, Martini Rosso e gim – Stocchetto confundiu-se e substituiu o gim pelo prosecco. O novo cocktail, menos seco e mais suave, rapidamente ultrapassou as fronteiras italianas e se consagrou como um dos principais drinks internacionais.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]