Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
cynar destaque
cynar destaque| Foto:
Drinks feitos com Cynar. Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo.
Drinks feitos com Cynar. Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo.| Gazeta do Povo

Encontrar uma alcachofra em um risoto ou servi-la como acompanhamento são preparos que não espantam ninguém. A marca italiana Cynar, porém, foi além e usou a planta para criar um licor pensado para ser tomado puro ou em cocktails. A invenção, na verdade, não é de hoje. A bebida existe desde 1952, mas começou a aparecer na coquetelaria brasileira recentemente.

Se você está se perguntando qual é o sabor desse licor inusitado, o bartender Álan Rechetelo, do Hey Dragon, cocktail bar que fica anexo ao restaurante Lagundri, o compara ao mais popular jägermeister. “Ele combina bem com café, suco de laranja, suco de toranja, mas pode ser tomado puro bem gelado com uma fatia de laranja”, recomenda o mixologista. A bebida tem cor âmbar escura.

Chá na coquetelaria rende drinks refrescantes

Gim, a bebida da moda conquista os curitibanos

Novo dining club em Curitiba aposta em petiscos de peixe cru

Cynar, água tônica e toranja (R$ 20), no Hey Dragon. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo.
Cynar, água tônica e toranja (R$ 20), no Hey Dragon. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo.| Letícia Akemi / Gazeta do Povo

Na coquetelaria esse tipo de bebida é chamada de bitter, por causa do amargor pronunciado. O licor pode substituir outros bitters mais famosos como o Campari (que é usado no Negroni) e o Aperol (que é a base do popular spritz). “É uma bebida agridoce, ou seja, amarga, mas ao mesmo tempo cítrica e com um toque de doçura”, explica o bartender Gustavo Smolinski, do Gards, bar localizado no rooftop do Pátio Batel.

Além da cinarina, o polifenol da alcachofra que é o ingrediente principal, o licor é obtido da infusão de mais 12 ervas e plantas e tem teor alcoólico de 16,5 graus. Por ser ainda pouco explorado, em comparação com os outros bitters, o preço da garrafa (900 ml) é bastante atrativo (o preço sugerido é de R$ 19,90 no varejo).

Drinks feitos com Cynar. Foto: André Rodrigues / Gazeta do Povo
Drinks feitos com Cynar. Foto: André Rodrigues / Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

Inaugurado no final do ano passado, o Gards serve o Lybian War, drink que mistura Cynar, iogurte natural e folhas de hortelã (R$ 20). “O coquetel é batido para suavizar o sabor do iogurte”, diz Smolinski. No Hey Dragon é servido um drink clássico, o Cynar Tônica, feito com o licor de alcachofra, suco de laranja e água tônica (R$ 20).

Quem quiser dar uma variada no clássico Aperol Spritz, pode substituir o Aperol pelo Cynar. Em um copo baixo com gelo coloque 40 ml de Cynar, 60 ml de espumante e 30 ml de club soda.

A garrafa de Cynar tem preço sugerido de R$ 19,90 no varejo. Foto: Divulgação.
A garrafa de Cynar tem preço sugerido de R$ 19,90 no varejo. Foto: Divulgação.| 8core4
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]