Restaurantes

MUDANÇA

Bistrô da premiada chef Kika completa 10 anos e muda de horário

Restaurante da premiada chef Kika Marder amplia o funcionamento

por Flávia Schiochet Publicado em 02/02/2018 às 10h
Compartilhe

Kika Marder está animada. Com o Bistrô Sel et Sucre, em Curitiba, completando dez anos em 2018, a chef resolveu ouvir o “clamor popular” e passa a abrir para almoço também aos domingos e para jantar apenas às quintas-feiras. A novidade passa a valer a partir de domingo, 4 de fevereiro, e o restaurante passa a fechar às segundas-feiras.

Pato grelhado com chutney de laranja da chef Kika Marder, do restaurante Sel et Sucre. Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo.

Pato grelhado com chutney de laranja da chef Kika Marder, do restaurante Sel et Sucre. Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo.

“Estava perdendo a oportunidade de abrir domingo, que acredito que vai ser como nos sábados. À noite ainda é uma experiência. Mas o lugar é muito charmoso e aconchegante à noite, é um bistrô no qual eu gostaria de jantar”, brinca a chef, pupila do premiado Celso Freire e eleita por seis anos consecutivos como Chef 5 Estrelas pelo Prêmio Bom Gourmet.

A Chef 5 Estrelas Kika Marder estará no evento com seu restaurante Sel et Sucre. Foto: Roberto Dziura/Gazeta do Povo

Kika Marder foi eleita por seis anos consecutivos como Chef 5 Estrelas pelo Prêmio Bom Gourmet. Foto: Roberto Dziura/Gazeta do Povo

O cardápio, de inspiração francesa, continua o mesmo, inclusive os preços. “Vamos manter porque sabemos que nossos pratos tem cara de jantar e não há motivo para incluir novos pratos apenas para uma noite por semana”, explica a chef.

O menu (entrada, prato principal e sobremesa) custa R$ 85 por pessoa ou R$ 99 no caso de pratos principais do menu especialidades, como o atum grelhado ao molho de manga e salada de grãos ou a caçarola de frutos do mar ao molho de champagne com arroz de açafrão e alho-poró.

O salão do bistrô Sel et Sucre. Foto: Ivonaldo Alexandre/Arquivo Gazeta do Povo

O salão do bistrô Sel et Sucre. Foto: Ivonaldo Alexandre/Arquivo Gazeta do Povo

Por ter um salão pequeno — o bistrô tem 30 lugares — é recomendável fazer reserva, mas a casa aceita clientes “walk up” tanto para almoço quanto jantar. O restaurante também vai participar da sétima edição do Festival Bom Gourmet, a partir de 2 de março, com cardápio para almoço de terça a domingo e para jantar às quintas.

Serviço

***

LEIA TAMBÉM

Melhor cachaça é mineira, mas outros estados menos tradicionais despontam no ranking

Almoço executivo árabe é novidade em dois restaurantes do Batel

Compartilhe

8 recomendações para você