Restaurantes

Novidade

The Bootleggers tem cafés, chopes artesanais, drinks e vinhos

Aberto em setembro, The Bootleggers serve também doces, salgados e sanduíches com rosbife de Red Angus e Jamon Ibérico

por Priscila Bueno, especial para a Gazeta do Povo Publicado em 27/09/2016 às 08h
Compartilhe
the bootleggers mercado municipal curitiba

Cardápio conta com cafés, sobremesas, chopes, vinhos e salgados. Foto: André Rodrigues/ Gazeta do Povo

O nome foi inspirado na lei seca americana, quando bootleggers (contrabandistas) como Al Capone lucravam ilegalmente com a venda de bebidas. Aberto em setembro no Mercado Municipal, The Bootleggers se caracteriza por ser um local que além de vender bebidas, claro, como café, chopes artesanais e vinho, tem também doces, salgados e até growlers e souvenirs.

Entre os cafés, há desde o espresso (R$ 4) até os blends da casa, com nomes inspirados em guitarras. O Talecaster é mais suave, enquanto que o Stratocaster é equilibrado e o Les Paul é mais encorpado. Os cafés moídos ou em grãos são vendidos também em pacotes de 250 g a partir de R$ 18,90.

Outra atração é o cold brew (café extraído a frio) nas versões tradicional, aromatizado com avelã e baunilha e ainda com leite. Custa R$ 8 (puro, em charmosa caneca com 350 ml).

>>> Tiger Cocktails reabre em novo endereço e com novidades no cardápio

>>> Padaria orgânica no Alto da XV só vende quatro tipos de pão com fermentação natural

>>> Barista Coffee Bar abre nova unidade maior e com novidades

café-mercado municipal - novidade

Bolo naked de maçã com nozes recheado e coberto com massa de chocolate branco e cream cheese. Foto: Divulgação

Os chopes artesanais, que variam de R$ 10 a R$ 15, privilegiam as marcas curitibanas e mudam periodicamente. No dia da reportagem destaque era a Blond Hop Arábica, da Morada Cia. Etílica. O local ainda vende growlers com capacidade para dois litros. Há a opção em inox (R$ 150) ou com o suporte em couro (R$ 290).

A casa ainda tem vinhos em taça e drinks, como o Gin Tônica e o Jack’n Coke (uísque com Coca Cola), ambos por R$ 18.

café-mercado municipal - novidade

A casa serve chopes artesanais de Curitiba que mudam periodicamente. Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

O espaço é pequeno, mas aconchegante – são 24 metros quadrados, além da área externa com algumas mesas – e decorado com azulejaria preta e branca, em consonância com o piso em cimento queimado e a parede, onde fica a logo, também com textura de cimento queimado. Parte do cardápio fica exposto em um extenso quadro negro perto do teto e o balcão/vitrine é iluminado por luminárias em estilo industrial.

À frente do negócio estão o barista Marco Aurélio Wamser, que fez curso na África e depois passou por Chicago (EUA) e Santiago (Chile), e o empresário Maurício Thiesen, também proprietário do Café do Mercado, instalado há 11 anos no Municipal, a poucos metros do novato.

café-mercado municipal - novidade

A casa trabalha com blends próprios; pacotes de 250 g saem a partir de R$ 18,90. Foto: Divulgação.

Para comer, o pão de queijo e quiche dividem as atenções com o croissant de manteiga (R$ 7) com quatro opções à parte de recheio: requeijão, cream cheese, manteiga e Nutella. Os sanduíches são especiais. Prove o Al Capone, que leva rosbife, queijo muçarela, cheddar e cebola caramelizada (R$ 20) e o Espanhol, com Jamon Ibérico, queijo ementhal, queijo de cabra, rúcula baby e azeite de oliva (R$ 18).

Quem prefere um docinho, tem desde bolo de milho (R$ 5, a fatia) até os recheados, como o bolo de nozes, com recheio de doce de leite com nozes, massa de chocolate e chantilly (R$ 12, a fatia). Normalmente, são dez opções de doces, como cookies, tortas e bolos, à disposição.

A casa também tem uma linha de souvenirs, como boné (R$ 35) e copo tulipa 350ml (R$ 19,90).

***

Serviço
Mercado Municipal – loja 447 – 448. De terça a sábado das 8h30 às 18 horas; domingo, das 8h30 às 13h.

Compartilhe

8 recomendações para você