Restaurantes

novidades

Cafeteria lança cold brew com nitrogênio e em versão de sorvete

As variações da bebida da moda fazem parte do menu de verão do Supernova Coffee, que também serve o café infusionado a frio puro

por Júlia Ledur, especial para a Gazeta do Povo Publicado em 19/01/2017 às 11h
Compartilhe

A tendência do cold brew conquistou os curitibanos. A bebida, cujo nome significa “infusão a frio”, já é servida em diversos estabelecimentos da capital. Mas um deles resolveu inovar na apresentação do café e criou três versões diferentes: o sorvete de cold brew (R$ 6,50), o Cold brew float (R$ 12,50), que leva sorvete de baunilha e o café, e o cold brew com nitrogênio (R$ 6,75, 200 ml). Junto com o Affogato (R$ 11,50), sorvete de baunilha com espresso, os três preparos compõem o menu de verão da casa, lançado nesta terça-feira (17).

Além das novidades, a casa também serve cold brew puro (R$ 5,75, 400 ml), que pode ser preparado com leite sem adicional no preço. A ideia de expandir o cardápio veio com o sucesso da bebida na loja. Com exceção do cold brew com nitrogênio, todas as opções estão disponíveis em ambas as lojas do café – no Batel e no Centro. A criação que leva o gás por enquanto é vendida somente na unidade do Centro, mas em março será servida também no Batel.

Cold brew com nitrogênio

Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

O Supernova tem três versões diferentes da bebida. Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Depois de alguns testes, a cafeteria lançou o cold brew com gás nitrogênio, tornando-se a primeira a oferecer a bebida no Sul do Brasil. “No Brasil inteiro nós somos o segundo lugar a fazer”, orgulha-se o sócio e torrefador Luiz Eduardo Melo. “O cold brew já está ficando comum, então nós quisemos inventar uma coisa diferente”, conta. O preparo é feito em uma máquina importada dos Estados Unidos, que possui um cilindro de nitrogênio e válvulas que misturam o café infusionado a frio e o gás.

Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

O café é feito em uma máquina importada, que lembra uma chopeira. Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Desavisados podem confundir facilmente o café com um chope. Apesar de o processo não gerar alteração de sabor na bebida, muda a textura: o cold brew fica com a aparência e a cremosidade que lembram uma cerveja stout. “Fica mais leve, mais aveludado. Dá mais textura, o que fica interessante”, diz Melo. A cor também é modificada e fica mais escura. Isso se deve à maior concentração de café do cold brew com nitrogênio. “Se você coloca muita água e ele fica muito diluído, fica um gosto meio aguado”, explica.

No Supernova Coffee, todos os tipos de cold brew são feitos com um blend da casa de Minas Gerais e do Norte do Paraná. “A gente faz uma torra mais lenta, o que deixa o café mais doce”, aponta o torrefador. Depois de torrado, os grãos são moídos e passam por uma infusão a frio por 16 horas, o que confere uma menor acidez à bebida.

Sorvetes

Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

A sorveteria D’vicz é quem produz os sorvetes, em parceria com a cafeteria. Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Os sorvetes utilizados nos lançamentos são feitos pela sorveteria D’vicz em parceria com o Supernova Coffee e não contêm lactose nem ingredientes de origem animal. Eles são feitos com um concentrado do cold brew da casa.

Outras opções

A cafeteria também tem outros tipos de café. Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

A cafeteria também tem outros tipos de café. Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

Além dos itens do menu de verão, o Supernova Coffee tem opções como coado (R$ 3,75), espresso (R$ 4,75), macchiato (R$ 5,50) e cappuccino (R$ 5,75). A origem dos cafés é variada: há grãos do Norte do Paraná, do Sul de Minas Gerais, de Mogiana e do Espírito Santo, além dos importados de Ruanda, Etiópia, Quênia, Tanzânia e Colômbia. A cafeteria abriu as portas há um ano e já conta com duas unidades. A loja do Centro trabalha apenas com pedidos para viagem.

Serviço

Supernova Coffe. Rua Coronel Dulcídio 544, Batel. De segunda a sábado das 12h30 às 19h30 e domingo e feriados das 13h às 19h.

Supernova Coffe To Go. R. Visc. do Rio Branco, 1687 – Centro. (41) 3225-4902. Funciona de segunda a sexta das 8h30 às 19h.

***

Entenda como é feito o cold brew, café infusionado a frio

O cold brew se difere dos demais cafés gelados pelo método de extração. Em vez de ser simplesmente composta por café e gelo, a bebida já é infusionada a frio, em água gelada. Confira abaixo como esse processo ocorre.

Arte: Guilherme Valadares/Gazeta do Povo

Arte: Guilherme Valadares/Gazeta do Povo

1. O pó do café e a água gelada são inseridos em um recipiente de vidro com tampa bem vedada.

2. A mistura descansa por um tempo de infusão que pode ir de 10 a 18 horas.

3. O líquido é coado.

4. A bebida é servida com gelo. Leite pode ser acrescentado.

>>> Veja a quantidade de ingredientes utilizada na receita

 

Compartilhe

8 recomendações para você