Bebidas

Santa Catarina

Vai à Oktoberfest? Aproveite para conhecer as cervejarias de Blumenau e região

Região do Vale da Cerveja concentra oito cervejarias abertas à visitação; confira horários e preços

por Juliana Gomes, especial para Gazeta do Povo Publicado em 04/10/2017 às 18h
Compartilhe

A 34.ª edição da Oktoberfest, maior festa alemã fora da Europa, começa na quarta-feira (4) e vai até o dia 22, na cidade catarinense de Blumenau. E se dentro do pavilhão a oferta de cervejas e chopes é alta, as imediações não deixam a desejar. O chamado Vale da Cerveja corresponde à região das cidades de Blumenau, Brusque, Gaspar, Ibirama, Pomerode e Timbó, no Vale do Itajaí, com 12 cervejarias.

Para aproveitar a ida à Oktoberfest, confira oito cervejarias de Blumenau e região abertas à visitação:

Cervejaria Blumenau

blumenau

Foto: Divulgação

A Cervejaria Blumenau é uma das mais novas fábricas de cerveja artesanal da região e produz dez estilos: pilsen, weiss, IPA, double IPA, belgian blonde ale, imperial stout, session IPA, hop lager, catharina sour, além da barley wine, que não é encontrada facilmente nos supermercados e leva o nome por causa do grande teor alcoólico. Para atender ao público da Oktoberfest, o bar e a fábrica da cervejaria estarão abertos de 8 às 23h durante todos os dias do evento.

A visita guiada custa R$ 20 por pessoa e inclui degustação. É preciso agendar pelo e-mail visita@cervejablumenau.com.br ou pelo telefone (47) 3339-4451.

Serviço: Rua Arno Deling, 388, Itoupavazinha, Blumenau.

 * * *

Escola Superior de Cerveja e Malte

ESCM - Laboratório de degustação

Laboratório de degustação da Escola Superior de Cerveja e Malte, em Blumenau. Foto: Divulgação

Um dos destaques do Vale não é uma cervejaria, mas uma escola de formação de cervejeiros. A Escola Superior de Cerveja e Malte é a primeira instituição da América Latina que agrega ensino, pesquisa e extensão sobre o tema. Com sede em Blumenau, a entidade oferece visitas guiadas o ano todo, de segunda à sábado, às 10h. O roteiro inclui um minicurso sobre as principais escolas cervejeiras do mundo e degustação de quatro rótulos no bar-laboratório. A visita dura cerca de uma hora e meia e custa R$ 60 por pessoa. Não há necessidade de inscrição prévia.

Serviço: Rua Elsbeth Feddersen, 72, Salto do Norte, Blumenau.

 * * *

Container British Beer

container

Salão do Container Beer. Foto: Divulgação

Quem disse que em Blumenau só há espaços para cervejas alemãs? A Container produz as bebidas fermentadas no padrão inglês, inspiradas na região Norte e Sul da Inglaterra. Sua especialidade são os estilos ales e lagers. Além da fábrica, a cervejaria inclui um pub que serve todos os seis rótulos direto do tanque: pilsen, saison, pale ale, IPA, stout e english blonde. Outro fator que torna a visita imperdível é a decoração, incrementada por uma guitarra autografada pela banda AC/DC. O pacote de R$ 32 por pessoa precisa ser solicitado pelo telefone (47) 3285-7185. O valor inclui um curso sobre a história da cervejaria e de seus rótulos, além de degustação de três estilos e sorteios de brindes.

A ida ao pub também precisa ser agendada por causa das atrações musicais, que costumam lotar a casa. O espaço funciona nas segundas e terças de 14 às 18h, de quarta a sexta das 14 à 1h e aos domingos das 14 às 17h. No sábado não é preciso fazer reserva: a casa serve almoço e fica aberta de 10h30 às 2h.

Serviço: Rua Gustavo Zimmermann, 4764, Itoupava Central, Blumenau.

 * * *

Das Bier

das bier

Foto: Divulgação

A cervejaria Das Bier foi criada pela família Schimitt, que faz questão de ressaltar que suas cervejas são bem brasileiras, apesar da inspiração alemã. Ao todo, são 12 estilos produzidas na casa: pilsen, pilsen natural, pilsen premium, marzen bier, wein mit bier, kolsch, saison, weizem, australian pale ale, stark bier, pale ale e braunes ale.

A fábrica fica localizada num espaço bucólico, que faz o passeio valer a pena só pelo ambiente. A visita guiada inclui degustação das cervejas com harmonização e precisa ser agendadas com pelo menos um dia de antecedência pelo telefone (47) 33970-8600. Funciona de quarta a sexta das 17 às 19h e aos sábados das 15 às 19h.

Serviço: Rua Bonifácio Haendchen, 5311, Belchior Alto, Gaspar.

 * * *

Schornstein

Foto: Daniel Zimmermann

Foto: Daniel Zimmermann

Pomerode, a cidade mais alemã do país, não poderia ficar de fora do roteiro cervejeiro. Entre os estilos produzidos pela Schornstein, destaque para a IPA, premiada e reconhecida além da região Sul. A cervejaria desativou a unidade no interior de São Paulo em 2016 e passou toda a produção para a sede catarinense.

O bar, a fábrica e a loja de souvenires são integrados no mesmo terreno. Além de provar as cervejas no bar, é possível levar pra casas as garrafas de bock, witbier, weiss, pilsen, IPA, imperial stout, imperial IPA e soul. Pra quem não quer ficar só na cevada, há opções de kits de churrasco e patês. A loja funciona das 9 às 19h. No cardápio do bar, petiscos alemães, sobremesas e todos os chopes elaborados na fábrica on tap. Funciona todos os dias das 17 às 23h.

Serviço: Rua Hermann Weege, 60, Centro, Pomerode.

 * * *

Zehn Bier

Zehn Bier 3

Foto: Divulgação

Também próximo a Blumenau, a Zehn Bier está sediada na cidade de Brusque, conhecida pelo gigante pólo têxtil. É uma das cervejarias com mais bagagem no mercado, fundada em 2003. Os estilos produzidos na casa são weizen, pilsen extra, pilsen, heller bock, porter e IPA. Junto à fábrica fica o bar da cervejaria, que oferece os chopes, além de diversas opções de petiscos de terça a sábado, de 17 a 0h. A visita à fábrica é de segunda a sexta das 9 às 11h e das 13 às 17h. Nos fins de semana é preciso agendar pelo telefone (47) 3351-6685.

Serviço: Rua Benjamin Constant, 26, São Luiz, Brusque.

 * * *

Handwerk

Handwerk

Na minúscula cidade de Ibirama, com menos de 20 mil habitantes, a cervejaria Handwerk e a prática de rafting são as atrações da região. Além da produção das cervejas no estilo weiss, altbier, witbier, munich helles, belgian blond e IPA, a fama da casa se deve também ao almoço alemão, servido de quarta a domingo das 11h30 às 13h30.

É preciso agendar a visita à fábrica com pelo menos três dias de antecedência pelos telefones (47) 3357-4624 ou (47) 8854-4969. Do restaurante, é possível enxergar todo o processo de produção dos 30 mil litros de cerveja fabricados por mês. O almoço costuma lotar. No salão em anexo pode-se experimentar as cervejas com petiscos harmonizados, servidos de quarta a domingo das 17h à meia-noite.

Serviço: Rua Duque de Caxias, 239, Centro, Ibirama.

 * * *

Cervejaria Berghain

berghaim 670

Foto: Divulgação

Próxima à cidade de Blumenau, a pequena Timbó oferece um roteiro de duas cervejarias de pequeno porte para ir sem pressa e levar a família. A Berghain oferece três estilos de chope artesanal: pilsen, weiss e bitter, que venceu o Concurso Brasileiro de Cerveja de 2016. As visitas guiadassão realizadas de terça a sábado das 9 às 12h e é preciso agendar pelo telefone (47) 3382-0870. É possível degustar as cervejas no pub anexo à fábrica, que funciona de terça a sexta das 14 às 22h, aos sábados das 10 às 18h e aos domingos das 14 às 18h.

Serviço: Rua Pomeranos, 1.752, Pomeranos, Timbó.

 * * *

Blauer Berg

Blauer Berg

Foto: Blauer Berg/Divulgação

Na mesma vizinhança da cervejaria Berghain fica a cervejaria Blauer Berg, que produz os estilos pilsen, witbier, pale ale, IPA, imperial IPA e belgian dark strong ale. As visitas guiadas são de segunda a sexta das 8 às 18h e precisam ser marcadas com antecedência pelo telefone (47) 3380-4618.

Serviço: Rodovia SC 417, KM 04, Capitais, Timbó.

 * * *

LEIA TAMBÉM

Empresa catarinense lança edição limitada de cerveja com pepino

7 cuidados para conservar seu growler de cerveja por mais tempo

8 coisas para fazer em Blumenau além das cervejarias

Compartilhe

8 recomendações para você