Bebidas

Novidade

Chope em lata é a nova tendência entre as cervejas artesanais

No Brasil, a novidade foi lançada pela paranaense Way Beer; confira as diferenças entre o Crowler e o Growler

por Redação Publicado em 06/03/2016 às 11h
Compartilhe

Fãs de cerveja artesanal, atenção: o Growler brasileiro acaba de ganhar um primo. A novidade, que virou febre nos EUA e Europa em 2015, leva quase o mesmo nome das garrafas de cerveja retornáveis de vidro ou cerâmica, mas é em lata. O Crowler (can, lata em inglês + Growler) é uma embalagem descartável lacrada com tampa flip top, como as latinhas de cerveja, que mantém o chope fresco por até 20 dias sob refrigeração entre 0 – 10°C.

Para se ter ideia do sucesso, só em 2015 foram vendidas mais de 1,3 milhões de latas Crowler nos Estados Unidos. Lá, a capacidade média do recipiente é de 32 oz (cerca de 910 gramas). De acordo com os cervejeiros americanos, a pioneira do Crowler é a Oskar Blue Brewery, uma cervejaria do Colorado (EUA) que comercializa a Dale’s Pale Ale na lata desde 2002.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

No Brasil, a primeira cervejaria a produzir o Crowler foi a Way Beer, em janeiro deste ano. Com capacidade para um litro, os Crowlers oferecem praticidade e não correm o risco de alterar os sabores do chope por conta do revestimento, feito com polímero à base de água. Mas, assim como o Growler, o consumo deve ser imediato após aberto.

Alejandro Winocur, sócio-proprietário da cervejaria curitibana, explica que o crowler é uma alternativa para quem quer consumir chopes artesanais em quantidades menores. “Gostamos muito do conceito do Growler (garrafa retornável para cerveja comum), mas algumas características dele poderiam ser melhoradas. Como a embalagem é de vidro, é preciso mais cuidado na hora do consumo. O Crowler, por outro lado, é 100% reciclável e é inquebrável”, afirma.

Os Crowlers da Way Beer têm um litro de capacidade e podem ser armazenados em refrigeradores e caixas térmicas. Na fábrica da cervejaria, em Pinhais, há dez torneiras de chopes disponíveis. “Entre os rótulos, temos os nossos chopes de linha, como o Avelã Porter, e também algumas cervejas sazonais”, conta Winocur. No site da marca é possível conferir cada variedade, assim como os níveis de amargor e teor alcoólico.

Chope fresco entregue em casa

Para experimentar a novidade, é possível retirar direto da fábrica ou receber o Crowler em casa. Não é preciso pedir uma quantidade mínima; o preço médio de cada unidade é R$ 19 e varia de acordo com o chope. A entrega é feita de segunda a sexta das 8h30 às 17h e custa a partir de R$ 10, dependendo da localização.

Diferença entre chope e cerveja

O processo de produção é o mesmo, mas a diferença está na pasteurização da cerveja. O método, no qual a bebida é aquecida a mais ou menos 60°C e depois resfriada à temperatura ambiente, serve para aumentar sua durabilidade e eliminar microorganismos danosos. Como o chope não é pasteurizado, deve ser mantido refrigerado durante todo o tempo. Já a cerveja comum não necessita de refrigeração e tem maior prazo de validade.

***

Vídeo: Veja como é feita a Crowler

***

Serviço

Way Beer. Rua Pérola, 331, Pinhais. Telefone: (41) 3653-8853. Pedidos por Whatsapp: (41) 9992-0063. De segunda a sexta das 8h30 às 17h. Aos sábados, das 8h30 às 11h.

Compartilhe

8 recomendações para você