FESTIVAL BOM GOURMET 2019

Mamma mia

Com sotaque italiano, a polenta é presença marcante no Festival Bom Gourmet

Trufada, na chapa ou cremosa. Experimente todas as versões nos menus dos restaurantes participantes

por Patricia Favorito Dorfman, especial para o Bom Gourmet Publicado em 06/10/2019 às 09h
Compartilhe

Um dos pratos italianos mais conhecidos, a polenta, está presente em menus de 14 restaurantes participantes do Festival Bom Gourmet. Na entrada ou como acompanhamento no prato principal, o preparo aparece de várias formas.

>>> Confira a lista completa de restaurantes do Festival Bom Gourmet

É possível comê-la trufada, frita, cremosa, na chapa ou brustolada – versão firme por fora e cremosa por dentro. Prato que por muito tempo foi o principal na alimentação dos italianos, principalmente no Vêneto, a polenta é feita da farinha de milho, originalmente um cereal cultivado nas Américas e levado para a Europa por Cristovão Colombo.

No Olivença, Panza de Cerdo com polenta cremosa. Foto: Michel Willian / Gazeta do Povo

No Olivença, Panza de Cerdo com polenta cremosa. Foto: Michel Willian / Gazeta do Povo

No Festival Bom Gourmet a polenta está sempre bem acompanhada. Como entrada, ela é servida cremosa com ragu bolonhesa e pancetta trufada (Ernesto Ristorante), frita com creme de gorgonzola (Cantina do Délio) ou grelhada com parmesão (Lavareda na Brasa). Outras opções são cremosa com toque de trufa negra com ragu (Ox Room Staekhouse) ou brustolada – com trufas e molho funghi (Anarco Restaurante e Empório – Batel) ou com ragu de carne (Pescara Cucina Italiana).

Sabor principal

Depois de uma boa entrada, é hora de saborear o prato principal. Nos menus da 10ª edição do Festival, a polenta se apresenta em deliciosas combinações. Com mignon ela é servida no C´La Vie – escalopes de mignon ao molho demi-glace – e no Anarco Restaurante e Empório – Mercado Municipal, com mignon de Angus.

Cremosa, ela é servida no Olivença com panza de cerdo e na Tartuferia San Paolo com costela desfiada. No Lobert Bistrô ela acompanha o tradicional ossobuco de vitela e no Jamie´s Italian Curitiba, com ragu do Jamie.

Quem prefere a versão branca pode apreciar o prato feito com carne e caldo de porco e molho de queijo, no Limoeiro Casa de Comidas. Mas é no Bull Prime Carnes Nobres que a polenta chega feita na chapa com queijo e tomate confit, servida com chorizo, tradicional corte argentino.

Na Cantina do Délio, a Polenta con Fonduta Di Gorgonzola. Foto: Michel Willian / Gazeta do Povo

Na Cantina do Délio, a Polenta con Fonduta Di Gorgonzola. Foto: Michel Willian / Gazeta do Povo

Faça sua reserva

O Festival Bom Gourmet movimenta a cena gastronômica de Curitiba. Para aproveitar as diversas opções de restaurantes, afinal são 56 participantes, reservar antes de ir até o local é aconselhável. Principalmente aos finais de semana, ou mesmo no happy hour. A grande maioria das casas permite reserva.

Porém, é importante que ao fazer a reservar o horário seja cumprido, bem como, o número de pessoas solicitado seja efetivado. O restaurante se prepara para atender a reserva e se o consumidor não puder comparecer, basta avisar o estabelecimento.

No site do Festival estão disponíveis diversas informações das casas participantes, como telefone e horário de funcionamento. Outra possibilidade é baixar o aplicativo Festival Bom Gourmet – em versões IOS e Android – e acessar esse conteúdo de forma simples e rápida.

VEJA TAMBÉM

>>> Conheça os segredos da polenta cremosa com textura de maria-mole

Compartilhe

8 recomendações para você