Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Passo a passo do prato – Poke
Passo a passo do prato – Poke| Foto: Nay Klym/Gazeta do Povo

Um prato que nasceu como opção de refeição para os surfistas e pescadores que queriam algo leve e rápido de preparar deu origem ao poke, que veio do Havaí. O nome significa algo como “cortar em pedaços”, no dialeto local. A principal proteína, o peixe (originalmente o atum), é cortada em cubos e acrescida à base – que pode variar do tradicional arroz, passando pela quinoa e cuscuz até o arroz de couve-flor, para uma pegada mais lowcarb. Por aqui, o poke de salmão se tornou um dos mais populares.

Foto: Nay Klym/Gazeta do Povo
Foto: Nay Klym/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

Renata Gasparin Palermo e a chef Lis Roveda Bastos, do Nanu Poke, em Curitiba, explicam que na casa o “sabor” que tem mais saída é o de atum. As combinações são infinitas, já que é possível acrescentar legumes, verduras, frutas e molhos diferentes. Só no Nanu são seis opções de base, nove de proteína, 20 de acompanhamentos e quatro molhos, o que proporciona inúmeras combinações de sabores.

O prato é simples de ser feito, mas Lis dá algumas dicas de preparo. “Peixe sempre fresco”, sentencia. Já se a proteína for frango, mignon ou cogumelos, é necessário refogar. O camarão também não entra cru. “Normalmente fazemos ele grelhado, mas fica bem no vapor ou na manteiga”, explica.

Sabor ressaltado

O óleo de gergelim é um ingrediente que acrescenta muito sabor, além do furikake, um condimento japonês geralmente colocado no arroz. Quer algo mais apimentado? Coloque um pouco – ou muito, dependendo do seu paladar – da pimenta sriracha. Como o prato é rico em texturas, outra sugestão são fitilhos de coco queimado, para dar aquela crocância. E capriche na apresentação. O poke é um prato que se caracteriza pela beleza.

Passo a passo de poke de salmão:

Foto: Nay Klym/Gazeta do Povo
Foto: Nay Klym/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

Coloque a porção de arroz cozido no bowl (servir no bowl é outra característica da preparação) e acrescente cerca de duas colheres do molho.

Foto: Nay Klym/Gazeta do Povo
Foto: Nay Klym/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

Pique em cubos o salmão.

poke de salmão
Foto: Nay Klym/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

Posicione sobre o arroz, no canto do bowl.

Foto: Nay Klym/Gazeta do Povo
Foto: Nay Klym/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

Filete pepino e abacate para ficar mais bonito, e coloque os tomates com a parte das sementes para cima para facilitar a aderência do gergelim.

Poke de salmão
Foto: Nay Klym/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

Acrescente os demais acompanhamentos, um ao lado do outro, tendo o cuidado de colocar os itens com cores parecidas distantes (outra regra do bom apelo visual do poke de salmão).

Poke de salmão
Foto: Nay Klym/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

Salpique com gergelim e furikake. Finalize com mais molho. Decore com flores comestíveis, como amor perfeito (preferencialmente orgânicas).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]