Produtos & Ingredientes

Chef recomenda

Fresco ou seco, shiitake é essencial na cozinha japonesa: veja como usar

O chef Vinícius Fujii ensina a principal receita oriental de cogumelo shiitake para acompanhar o arroz

por Patrícia Favorito Dorfman, especial para o Bom Gourmet Publicado em 15/10/2018 às 18h
Compartilhe

O cogumelo shiitake vem crescendo na preferência do consumidor. No Brasil, com a descoberta da culinária japonesa, esta variedade trouxe um novo ingrediente para os pratos. O shiitake pode ser usado em entradas, sopas, pratos principais, caldos base e onde a criatividade de quem está comandando a cozinha souber harmonizar.

shiitake

Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

No Fujii Culinária Japonesa, restaurante em Curitiba no qual o chef Vinícius Kioshi Fujii exercita sua dedicação oriental para a criação de pratos, a satisfação dos clientes vem também na manutenção de receitas tradicionais, como Shiitake Batayaki, acompanhamento do obrigatório arroz na refeição oriental.

Na culinária japonesa, o shiitake é usado fresco, como nesta receita, ou seco, como ingrediente para caldos base para outras receitas. O chef explica que o shiitake fresco é excelente para molhos e refogados. Já o seco é mais específico de determinados pratos da culinária japonesa.

vinicius fujii

Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Rico em umami, o shiitake dá sabor diferenciado aos pratos que o utilizam. “Fresco ou seco, o shiitake não pode faltar na culinária japonesa. A receita mais simples é vê-lo servido com shoyu, seu acompanhamento padrão”, confirma o chef. Além de sabor, esta variação de cogumelo apresenta alto teor de proteína e em países orientais, como a China, é consumido também pelas suas propriedades medicinais.

LEIA TAMBÉM:

>> Cogumelos comestíveis: aprenda o tempero ideal e dicas de preparo

>> Receita leve: risoto primavera com cogumelos

Compartilhe

8 recomendações para você