Produtos & Ingredientes

DICAS

Chefs ensinam a usar a erva-doce em pratos doces e salgados

Da erva-doce, ou funcho, aproveita-se tudo. O bulbo é semelhante a uma cebola, e, assim como os talos, pode ser temperado e grelhado

por Bruna Bill, especial para a Gazeta do Povo Publicado em 06/01/2018 às 09h
Compartilhe

Os chefs que comandam a cozinha do Officina Restô Bar, em Curitiba. Vitor Verona e Felipe Machoski apostam na erva-doce pela simplicidade e pelo sabor inigualável. De gosto levemente adocicado, pode ser usada tanto em pratos salgados quanto doces. “Da erva-doce, ou funcho, aproveita-se tudo. O bulbo é semelhante a uma cebola, e, assim como os talos, pode ser temperado e grelhado e servido como acompanhamento. Já as folhas e sementes são excelentes temperos para marinadas ou para dar sabor a sobremesas”, diz Felipe.

Os chefs da Officina Restô Bar. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo.

Os chefs da Officina Restô Bar. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo.

Uma forma simples de começar a utilizar mais a erva-doce em receitas salgadas é usá-la para substituir o salsão, o que acrescenta uma nota doce sutil ao prato. “Ela combina muito bem com peixes e carne suína, podendo ser usada como tempero da marinada e também em pequenos pedaços grelhados, como em nossa proposta”, explica Felipe. Nos preparos doces, Vitor indica a utilização do funcho para trazer um sabor leve e refrescante ao prato, quebrando o excesso de doce. De preço acessível, o funcho pode ser guardado em geladeira por até uma semana e possui propriedades digestivas, além de conter vitaminas do complexo B, potássio e ferro.

Chef Recomenda - LA_LET8461.1

A erva-doce combina com peixes e carne suína. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo.

Onde: Sacolões, feiras e no Mercado Municipal.
Quanto: R$ 8 (planta inteira).

Confira a receita

LEIA TAMBÉM:

>> 5 receitas leves que você prepara em 20 minutos

>> Receita com muçarela de búfala: aprenda a preparar salada caprese

 

Compartilhe

8 recomendações para você