Receitas & Pratos

Veja 3 restaurantes que servem shawarma

Bagdad Café, Bahir e Oriente Árabe têm o prato típico do Oriente Médio com desconto de 20% para assinantes do Clube Gazeta do Povo

por Júlia Ledur, especial para a Gazeta do Povo Publicado em 23/06/2016 às 14h
Compartilhe

De origem árabe, shawarma é um prato que leva fatias finas de carne assadas em um espeto vertical e servidas no pão sírio, com legumes e outros acompanhamentos. As principais carnes utilizadas são a bovina, de cordeiro e de frango.

Confunde-se muito o shawarma com o kebab, que é um prato de origem turca. A diferença entre os dois é muito tênue. “O kebab leva pequenas porções de carne em cubinhos ou pedaços que podem ser grelhadas ou assadas e são comidas com pão árabe. Já o shawarma é a carne assada no espeto giratório, que também pode ser comida com pão”, explica Fernando Portella, proprietário do restaurante Oriente Árabe. Basicamente, o que muda é a forma de assar a carne e também os recheios. “O kebab pode ser também de queijo, frutos do mar, carne, falafel e até frutas, e pode ser cozido de várias maneiras”.

Origem

O shawarma popularizou-se na Europa, devido à influência de imigrantes turcos e africanos. No Brasil, uma versão de rua do preparo ficou conhecida como “churrasco grego”, também feito com a carne assada no espeto giratório. A diferença, segundo Portella, é o pão – francês no churrasco grego, e sírio no shawarma – e o tempero dos acompanhamentos.

Mas a expansão da receita original do prato árabe começou por Foz do Iguaçu, com a vinda de imigrantes libaneses e chegou ao Paraná, onde já existem vários estabelecimentos que servem o shawarma. O Bom Gourmet listou três deles, que incluem o preparo no cardápio com desconto para assinantes do Clube Gazeta do Povo.

Bagdad Café

O bar árabe serve shawarma de alcatra no pão árabe, recheado com cebola, tomate, alface salsinha e acompanhado de molho tarator (com tahine, limão e temperos árabes). O prato custa R$ 38.

Além do shawarma, o cardápio da casa inclui especialidades como o kibe cru (porção individual de 300g), servido no prato com cebola e hortelã e acompanhamento de pão árabe (R$ 28) e kibe recheado cozido na coalhada (R$ 34).

O bar também oferece opções nacionais, como porções de batata frita, mandioca frita, polenta e frango a passarinho, além de espetinhos de frango e alcatra.

O estabelecimento oferece 20% de desconto para assinantes do Clube Gazeta do Povo, válido de 09/03/2016 até 09/03/2017.

Serviço

R. Padre Anchieta, 262, Mercês – (41) 3336-2421. Funciona terça e quarta das 19h à 1h, quinta das 19h às 2h30 e sexta e sábado das 19h às 3h30.

>>> Inshallah! Do quibe ao tabule, veja receitas para fazer uma refeição árabe

>>> Restaurantes com buffet para almoçar em Curitiba

>>> Aprenda a fazer tabule árabe

***

Bahir Shawarma & Burgueria

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O restaurante serve quatro tipos de shawarma: de carne bovina (R$ 13,90), frango (R$ 12,90), misto com carne bovina e frango (R$ 13,90) e carneiro (R$ 18,90). Todas as opções são recheadas com alface, tomate e batata frita.

A casa também serve hambúrgueres, com destaque para o Hamburguer Alladin (hambúrguer de carne, alface, tomate, queijo provolone, acompanhado de batata rústica), que custa R$ 17,90. Além disso, o cardápio também inclui porções e carne de onça.

O estabelecimento oferece 20% de desconto para assinantes do Clube Gazeta do Povo, válido para a loja física e delivery, de 30/03/2016 até 30/03/2017.

Serviço

Av. dos Estados, 1250, Água Verde – (41) 3016-0180. Funciona de segunda a quinta das 18h às 23h30 e sexta e sábado das 18h à meia-noite.

***

Oriente Árabe

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O restaurante especializado em comida árabe oferece os serviços de rodízio ou a la carte. No cardápio deste último, há três opções de shawarma: com alcatra (R$ 23), cordeiro (R$ 30) ou frango (R$ 20). Todos são prensados no pão sírio e recheados com tomate e queijo muçarela, com acompanhamento de batatas fritas. Para quem não come carne, a casa serve beirut vegetariano, que leva hommus, tabule, alface enrolados no pão sírio. O recheio pode ser de falafel (R$ 20) ou kafta (R$ 23).

Já o rodízio inclui vinte pratos, quentes e frios, como arroz com lentilha, kibe, esfihas, charutos de repolho e parreira, espetinhos, hommus, babaganush, coalhada seca e saladas. De terça a sexta-feira, a refeição custa R$ 67 por pessoa, e sábados e domingos sai por R$ 73. No jantar de terça e quarta-feira o preço do rodízio passa para R$ 99,90 o casal. Nas noites de sábado, há apresentações de dança do ventre com courvert de cortesia.

O estabelecimento oferece 20% de desconto para assinantes do Clube Gazeta do Povo, válido para o portador do cartão + um acompanhante, de 09/07/2015 até 09/07/2016.

Serviço

R. Kellers, 95, São Francisco. (41) 3224-2061. Funciona de terça a sábado das 11h às 23h e domingo das 10h às 15h.

 ***

Conheça as vantagens do Clube do Assinante Gazeta do Povo em bares e restaurantes.

Compartilhe

8 recomendações para você