Bebidas

Prêmio

Curitibanos entre os melhores da coquetelaria brasileira

Diego Bastos e Igor Bispo ficaram entre os cinco primeiros lugares na final nacional do Diageo World Class

por Daniel Batistella, especial para a Gazeta do Povo Publicado em 23/06/2015 às 17h
Compartilhe
Igor Bispo e Diego Bastos. Foto: Divulgação

Igor Bispo e Diego Bastos. Foto: Divulgação

Os curitibanos Diego Bastos, do Officina Restô Bar, e Igor Bispo, do Tiger Cocktails, terminaram em 4.º e 5.º lugares, respectivamente, na edição brasileira do Diageo World Class, o maior campeonato de coquetelaria do mundo, disputada ontem em São Paulo. O vencedor foi Kennedy Nascimento, de São Paulo.

Durante as mais de oito horas de desafios, os dez finalistas tiveram a gastronomia como tema para as provas. Na primeira prova do dia, os bartenders tiveram de criar dois coquetéis harmonizados com pratos surpresas preparados pelo chef Rodrigo Oliveira, do restaurante paulistano Mocotó.

>>> Tiger Cocktails amplia carta de bebidas
>>> Tendência: cachaça e vinho em coquetéis

>>> Conheça cinco chefs pâtissiers do mundo que inspiram os pares curitibanos

Na segunda etapa, os finalistas apresentaram duas criações exclusivas, um coquetel com inspiração diurna e outro com inspiração noturna. O vencedor, de apenas 22 anos de idade, agora vai disputar a final mundial, na Cidade do Cabo, África do Sul, em agosto, com profissionais de 55 países.

Em sua conta no Facebook, Diego Bastos disse ter terminado a competição com a sensação de dever cumprido, após uma competição longa e de muito aprendizado. “Foi definitivamente uma jornada e confesso que me surpreendi com parte do meu desempenho”, escreveu.

Os mestres do açúcar

Compartilhe

8 recomendações para você