Bebidas

Notas Báquicas

7 bons vinhos de garnacha, a grande uva tinta do mediterrâneo

Provamos às cegas rótulos com pelo menos 30% de Garnacha com preços até R$ 200. Confira o resultado da degustação

por Guilherme Rodrigues, colunista do Notas Báquicas Publicado em 03/11/2019 às 16h
Compartilhe

Garnacha, Garnacha Tinta, Cannonau, Tocai Rosso, Grenache, Vernaccia Nera e Abundante são algumas das muitas denominações dessa grande casta, seja na Espanha, França, Itália ou Portugal. Presença muito antiga, documentada desde 1513, não é exagero afirmar que a Garnacha é a casta tinta mediterrânica por excelência.

>>> Qual o melhor vinho? Tinto, branco, espumante ou verde?

Também faz sucesso na Austrália e muitas outras partes do mundo. Tanto tempo em cultivo, possui muitos clones, inclusive branco (Garnacha Blanca) e um curioso, de folhas com filamentos, denominado Garnacha Peluda. Há muitas dúvidas sobre sua origem. Atualmente a maior parte dos estudiosos aponta para o território do reino de Aragão, na Espanha de hoje. Ou para a Sardenha, segundo os italianos. Sem esquecer que aquela ilha foi domínio espanhol, entre os séculos XV e XVIII e que a coroa de Aragón, no século XV, abrangia o sul da Itália, Sicília e Sardenha.

Das uvas tintas mais plantadas no mundo, em grande parte das vezes é usada em corte com outras variedades. Presença obrigatória e essencial em quase todos os majestosos Châteauneuf-du-Pape, do Sul da França, confere a opulência aromática e cremosidade daqueles míticos vinhos, dos quais são a verdadeira alma, respondendo por cerca de 70% do encepamento local. Também largamente empregada nos grandes tintos do Priorat e Monsant.

A Garnacha possui um ciclo vegetativo longo: brota cedo e amadurece tarde, além de adaptar-se muito bem a climas quentes e áridos. Dá vinhos opulentos, aveludados, ricos, untuosos e perfumados  especiarias, ervas da Provença, flores. Em geral com pouca acidez, o que leva à mistura com castas mais ácidas e austeras para maior equilíbrio, como a Syrah, Carignan (Mazuelo), Mourvèdre (Monastrell) e mesmo Cabernet Sauvignon.

Testamos para os leitores os tintos com a Garnacha disponíveis no mercado e a custo não superior a R$ 200 a garrafa. Tanto 100% Garnacha, como os famosos cortes; no caso com pelo menos 30% da casta, de modo a que ela expresse sua marca, com relevante influência no vinho.

A prova, às cegas em copos numerados, transcorreu no Ernesto Ristorante, com o serviço do sommelier José Ricardo Alcaras. Além deste redator, participaram os experientes degustadores Luiz Carlos Zanoni e João Manuel Garcia, além de Talita Boros Voitch, editora do Bom Gourmet. Após a degustação, os Garnacha passaram com louvor em outro teste: harmonização com os pratos de carnes, massas e risotos do chef Dudu Sperandio.

>>> Maior vinícola da Eslovênia inunda Brasil com vinhos ainda desconhecidos

Confira os rótulos da degustação e suas avaliações

Casa Gran del Siurana GR-174 2016

Casa Gran del Siurana – Priorat – Espanha
Porto a Porto

casa-gran-del-siurana-gr-174-2016

Nota 90
Com a Garnacha dando o tom no vinho, de textura sedosa muito atraente, e boa untuosidade. Frutado
maduro a cerejas, cerejas negras, intenso e amplo, bem integrado por nuances a ervas da Provença, lavanda, especiarias, com um leve apimentado e terroso completando o conjunto hedonista. Taninos finos, bom frescor e definição. Garnacha 32% e mais 6 castas, nenhuma com mais de 20%.

Preço: R$ 149

Onde: Rede de supermercados Festval

***

Plic Plic Plic 2016

Terra de Falanis (Anima Negra) – Monsant – Espanha
Mistral

plic-plic-plic-2016

Nota 89
Os perfumes mediterrânicos se mostram desde a primeira cheirada. Muito bem arrumados no bouquet e nos sabores, revelando encantadoras nuances a lavanda e ervas finas, mescladas num balsâmico atraente, algo a caça, sobre fruta madura a ameixas e cerejas. Vivaz, com bons nervos e final. Garnacha 50% e Carignan 50%.

Preço: R$ 177,58

Onde: www.mistral.com.br

***

Abel Pinchard Côtes du Rhône 2018

Abel Pinchard – Rhône – França
Porto a Porto

abel-pinchard-cotes-du-rhone-2018

Nota 88
Com uma bela cor rubi escura, um tinto de bom corpo, untuoso e boa profundidade. Frutado maduro muito agradável, a ameixas e frutos vermelhos, com suave balsâmico. A opulência da Garnacha com uma ponta de austeridade da Syrah, num corte muito bem resolvido. Notas a lavanda e algo no fundo que lembra kirsch. Grenache 70% e Syrah 30%

Preço: R$ 87,90

Onde: Adega Brasil

***

Les Jamelles Grenache 2015

Les Jamelles – Pays D’Oc – França
Winebrands

les-jamelles-grenache-2015

Nota 88
Um bom exemplo de Garnacha 100%. As uvas originam-se de vinhedos entre Bèziers e Perpignan, bem próximos ao Mediterrâneo. Apenas um leve toque de madeira, com estágio de apenas 10% do lote em barricas de carvalho. Suave ao fundo, frutado a cerejas maduras, bem integradas por nuances a lavanda,
ervas finas e um leve apimentado. Um fundo a kirsch completa muito bem o vinho.

Preço: R$ 77,90

Onde:  Adega Brasil

***

Menguante Garnacha 2018

Viñedos y Bodegas Pablo – Almonacid de la Sierra – Zaragoza – Espanha
Grand Cru

menguante-garnacha-2018

Nota 88
Aos fãs, um vinho orgânico, 100% Garnacha. O frutado vermelho a cerejas e morangos maduros, com boa riqueza e frescor encanta logo ao primeiro cheiro. Impressão confirmada em boca, com nuances a lavanda, corpo menos pesado, casual, bem resolvido, atraente e bom de beber.

Preço: R$ 64,90

Onde:  www.grandcru.com.br

***

Baron de Valls (sem safra)

Vicente Gandia – Valencia – Espanha
Obra Prima

baron-de-valls-sem-safra

Nota 87
Revela uma boa cor rubi escura. Macio, frutado maduro rico a cerejas e cerejas negras, bem temperado com toques a ervas provençais. Especiado, algo a pimenta-do-reino, cremoso e suave. Abrir e beber, cai um pouco com tempo no copo.

Preço: R$ 42,90

Onde:  Adega Brasil

***

No Sex for Butterfly Grenache 2016

SAC de Bataillouse – Pays D’Oc – França
Winebrands

no-sex-for-butterfly-grenache-2016

Nota 86
O nome é bem imaginativo. O vinho mostra sabores e aromas a cerejas maduras, textura carnuda, kirsch, pimenta-do-reino e uma certa crocância. Bem nervoso e ares mais agrestes.

Preço: R$ 155,90

Onde:  Adega Brasil

>>> Saiba por que alguns vinhos podem manchar a sua boca

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

8 recomendações para você