Notas Báquicas

Fim de ano

Os 6 melhores espumantes europeus de R$ 50 a R$ 150

O colunista do Bom Gourmet Guilherme Rodrigues avaliou os principais rótulos disponíveis no mercado curitibano

por Guilherme Rodrigues  Publicado em 16/12/2015 às 19h
Compartilhe

Nada melhor nas festas de final de ano do que um bom espumante refrescado. Os vinhos borbulhantes reinam nesse período. Além de presidirem as reuniões de congraçamento e tantos outros eventos, são obrigatórios na virada do ano. O máximo no gênero, como os leitores bem o sabem, são os Champagnes. Uma categoria à parte. São as estrelas, que o abade Dom Pérignon dizia beber quando desfrutava da bebida que criou o século XVIII.

Escolhemos os espumantes para brindar com os leitores o final deste ano complicado e a esperança de que o próximo venha a ser melhor. Que pelo menos uma boa limpeza seja feita no cenário nacional. Com a delirante carga fiscal brasileira (que sobe ainda mais nos vinhos a partir de dezembro, como se já não fosse estratosférica …) e real mais fraco, os Champagnes acabam pressionando um pouco o bolso. Nenhum problema, a qualidade dos espumantes está cada vez melhor. Ao menos uma boa notícia. Neste setor, os brasileiros vão muito bem, obrigado. Já temos falado deles por aqui e fica também a recomendação especial. Contudo, focaremos nos diversos espumantes estrangeiros disponíveis, a preços mais atraentes.

Foram selecionados 12 dos mais destacados exemplares no mercado, na faixa de R$ 50 a R$ 150 e os degustamos às cegas, em copos numerados sem saber o rótulo previamente. Divulgamos os 6 campeões a seguir. A prova ocorreu no renovado restaurante Armazém Santo Antônio, conduzida pelo excelente serviço de Carlos Alexandre Ferreira. Os vinhos mostram seu melhor bem refrescados, servidos numa temperatura à volta dos 8 Graus C, pouco menos para os mais ricos, pouco mais para os mais secos. Após a degustação, o chef Giuliano Hahn serviu apetitosos pratos de sua criação.

Um brinde de final de ano aos leitores, e que 2016 construa as esperanças e desejos de todos.

***

Avaliação

Belstar Prosecco

Bisol – Prosecco – Veneto – Italia

Nota 89

Bisol é aposta certa em Prosecco. Acertou em cheio com esta versão muito bem acabada , onde sobressaem as qualidades desse estilo de espumante, sem os exageros. Seco, suave, notas frescas a castanhas cozidas, frutado fino a pêssegos, recoberto por deliciosas notas minerais a calcário. Ótima mousse, um Prosecco de categoria, vivaz, bem comportado, cordial e categorizado.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Onde encontrar: Vinci / Representante Jorge Ferlim – (41) 9644-3535.

Preço: US$ 36,50

***

Ortigão brut

Quinta do Ortigão – Anadia – Bairrada – Portugal

Nota 90

Uma bela surpresa, mostra o potencial da Bairrada para grandes espumantes. Elaborado com as castas Arinto (60%), Baga e Bical (20% cada). O grande enólogo Osvaldo Amado, utilizando o método champenoise elaborou um espumante de bolhas finas, com excelente mousse em boca. Cor citrina, com nuances palha, refinado, exibe deliciosas notas tostadas a biscoitos e brioches, sobre um frutado a maçãs com um ponta cítrica estimulante. Nozes suaves, mineral, longo, equilibrado e estimulante. De todos em prova, o mais próximo de um bom Champagne.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Onde encontrar: Adega Alentejana / Adega Presenza – (41) 3222-4979.

Preço: R$ 73,80.

***

Freixenet Gran Seleccione Cordon Negro

Freixenet – Cava – Catalunha – Espanha

Nota 88

Nome emblemático no mundo das cavas, possui cor citrina clara. Jovial e com boa intensidade, a pega e a força típica das cavas. Estimulante, vivaz, nervoso, como saborosas notas frutadas a cítricos e um toque tropical. Equilibrado, bem focado, limpo e com bom final.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Onde encontrar: Qualimpor

Preço: R$ 109

***

Dom Román brut

Marques de Tomares – Cava – Catalunha – Espanha

Nota 88

Em geral dos melhores custo benefício em espumantes. Uma cava bem resolvida, um pouco mais leve de corpo que o usual, com mais elegância e de boa intensidade. Bem equilibrada, corte das uvas típicas Macabeo, Xarel-lo, Parellada. Rico por baixo, notas a frutos tropicais sem pesar, cheio e vivo.

 

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Onde encontrar: Porto a Porto – Casa da França – (41) 3224-2944.

Preço: R$ 55,90

***

Codorniú brut

Codorniú – Cava – Catalunha – Espanha

Nota 88

Codorniú dispensa apresentações. Uma cuvée em ótima forma, de cor citrina jovem. Bela mousse, se desfaz em boca numa nuvem cremosa e estimulante. Sobre frutado elegante a pêssegos e lima da Pérsia, um toque a castanhas. Nariz mais discreto, em boca mais exuberante. Limpo, bom equilíbrio.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Onde encontrar: Interfood Todo Vino / Adega Brasil – (41) 3014-0796.

Preço: R$ 55

***

Messias Bairrada brut

Caves Messias – Mealhada – Bairrada – Portugal

Nota 87

Outro belo resultado da Bairrada, berço de ótimos espumantes desde o século XIX, em ascensão e com evolução meritória ao refinamento na última década. Neste caso, elaborado pelo método champenoise, casta Maria Gomes, pela quase centenária Caves Messias. Muito bom frescor, frutos brancos recobertos por uma bela crocância. Cor citrina clara.

 

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Onde encontrar: Porto a Porto / Adega Brasil – (41)3014-0796

Preço: R$ 55,79

***

Compartilhe

8 recomendações para você