Receitas & Pratos

Ingrediente

Época de alcachofras. Aproveite!

Aprenda modos de preparo deste ingrediente que começa a aparecer nas feiras e supermercados a partir deste mês

por Gilson Garrett Jr Publicado em 18/08/2011 às 00h
Compartilhe

Vinagrete

Esta receita do chef Roger Weiss acompanha a alcachofra ensinada na reportagem. Mas também pode ser servida com outros pratos

Com a primavera se aproximando, um ingrediente retorna às feiras e prateleiras do supermercado: a alcachofra. A versatilidade é a principal característica desta flor que tem época de colheita entre os meses de agosto e novembro. O sabor suave permite ser utilizada em entradas, pratos principais, acompanhamento de peixes e carnes. A parte nobre é a interior, degustada com as mãos, puxando as pétalas, ou com o auxílio de garfo e faca.

A primeira dúvida quando se depara com a alcachofra é escolher entre a roxa e a verde. O chef Roger Weiss, do restaurante Cantina do Délio, explica que a roxa tem sabor mais marcante, enquanto a verde é mais macia. “Precisa também prestar atenção na conservação do produto, se tem alguma imperfeição, e no tamanho dela para caber dentro da panela que se tem em casa”, orienta.

Para utilizar em qualquer receita, é necessário cozinhá-la, o que requer cuidados especiais. “Antes de colocar na panela, além do talo, deve-se retirar as pétalas externas, que geralmente são mais amargas.” diz o chef Raul Carrasquillo, do Arragui Bistro Bar.

Depois é necessário cortá-la ao meio e ficar apenas com a base. Dentro da flor existe uma espécie de pelo, que deve ser retirado completamente com uma colher.

Na panela, coloque manteiga e deixe derreter, acrescente as alcachofras com o fundo para cima, dessa maneira absorvem mais o tempero e cozinham de maneira homogênea. Segundo o chef Weiss, uma flor não pode ficar uma em cima da outra, pois não cozinhará corretamente.

Adicione então um caldo de legumes artesanal até cobrir completamente, coloque sal e pimenta a gosto e suco de meio limão. “A cocção deve ser feita sempre com a panela tampada e conforme for evaporando o caldo, adicione mais”, ensina o chef.

O tempo de cozimento é, em média, 15 minutos. Depois vire a alcachofra para cozinhar por 5 minutos do outro lado. O ponto certo de cocção é quando as pétalas se soltam ao puxar, sem muita resistência.

Após cozida, a criatividade é uma aliada. Por ter a parte interna oca, é possível rechear com carnes, peixes e outros ingredientes dentro e, assim, realçar a apresentação. Uma outra opção é assar no forno com queijo. No Cantina do Délio, a alcachofra é servida como entrada (R$ 17,20 para duas pessoas), com vinagrete. “Mesmo com esta versatilidade, é tão boa que pode ser degustada sozinha”, diz Weiss.

* * *

Onde encontrar:

Supermercado Festval Mercês – Avenida Manoel Ribas, 1.396 – R$ 6,99 a unidade.

Mercado Municipal de Curitiba – No Mario Yamasaki, Box 9 – R$ 7 a unidade. No SN Frutas e Verduras, Box 84 – R$ 6 a unidade.

* * *

Serviço:

 

Compartilhe

8 recomendações para você