Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Brunch na Catedral da Sé
Brunch é realizado dentro da Catedral da Sé, ponto turístico de São Paulo.| Foto: Fernando Arthur

Um dos pontos mais icônicos de São Paulo, a Catedral da Sé, localizada na zona central da capital paulista, que completa 468 anos nesta terça-feira (25), não é só um ponto turístico para quem gosta de conhecer ambientes de fé e com arquitetura histórica. É também parada obrigatória para quem aprecia boa gastronomia: a catedral promove, desde dezembro de 2017, o Brunch da Catedral da Sé.

Realizado uma vez por mês, sempre aos domingos, o cardápio servido é típico da refeição britânica que une café da manhã e almoço.

Itens de café da manhã como pães, patês, sucos e frutas se misturam com pratos como risotos, massas e carnes. O cardápio é assinado pela chef Gil Gondim, e foca geralmente em uma culinária afetiva e com influência italiana; para beber, café, sucos, vinhos e espumante.

Brunch na Catedral da Sé
Divulgação/Catedral da Sé. | Divulgação

A chef realiza o trabalho de forma voluntária: todo o lucro com o brunch é revertido para a igreja, conta a assessora especial da Catedral da Sé, Roseli Maria Cáceres.

Roseli integra o grupo que pensou o brunch como uma das estratégias para arrecadar fundos para a catedral, além de contribuir para retomar a visitação das pessoas ao centro de São Paulo.

"O entorno da igreja não tem muitas moradias, apenas comércios. Acaba sendo uma igreja de passagem, frequentada por turistas e moradores de rua que vivem nos arredores. Então ela não tem aquele frequentador assíduo que contribui", conta. E, por ser uma igreja com grande capacidade de público (800 pessoas sentadas), casamentos e batizados, que costumam ser uma fonte de recurso, são mais raros.

Cada edição do brunch (que tem algumas edições especiais ao longo do ano, em datas como Páscoa e Dia das Mães) tem capacidade para 190 pessoas. A Sé só não realiza o evento no mês de março, por conta da quaresma, período litúrgico celebrado por algumas igrejas cristãs, incluindo a Católica, que antecede a Páscoa, e prega hábitos mais frugais durante 40 dias.

O tour completo tem início às 11 horas, com a celebração da missa na Catedral da Sé. Depois, o brunch é realizado em um dos espaços superiores da catedral, cujo valor inclui a comida e bebida à vontade, servida em sistema de buffet. Além de Gil Gondim, edições especiais também têm cozinheiros convidados: como a desta terça (25), na qual o chef Eugênio Mariotto, que é chef da Embaixada Italiana em Washington, assina o cardápio. 

Divulgação/Catedral da Sé.
Divulgação/Catedral da Sé.

Por volta das 14h, a pessoa tem direito a um tour guiado especial pela igreja, incluindo as escadarias e sinos. A Catedral da Sé, construída entre 1913 e 1954, é considerada o 5° monumento neogótico mais importante do mundo e ícone arquitetônico em São Paulo. A participação na missa e no tour é opcional. E, como a visita guiada inclui subir e descer muitas escadas, há opção de realizar apenas metade do passeio caso o participante tenha alguma limitação física.

Doações e outros trabalhos sociais

Dos R$ 350 por pessoa cobrado pelo brunch completo e tour na Catedral da Sé, cerca de R$ 200 são para cobertura dos custos com o evento, como pagamento de ajudantes de cozinha, locação de louças e utensílios e serviço de garçom. De acordo com Roseli, o lucro de R$ 150 é todo revertido para a Sé.

Um fator que contribui para isso são as doações de itens como espumantes e flores para decoração. O vinho e os pães, se não são doados, são adquiridos para o brunch pelo preço de custo. "Isso permite que sobre um bom valor para a catedral", salienta Roseli. O montante arrecadado com o brunch não serve apenas para auxiliar na manutenção da Sé, mas para apoiar trabalhos como a Missão Belém, que trabalham no resgate de pessoas em situação de rua.

A próxima edição do Brunch da Catedral será no dia 20 de fevereiro, e a participação é realizada sob agendamento.

Serviço

Brunch na Catedral. Catedral da Sé (Praça da Sé, s/n°, São Paulo).  O brunch ocorre uma vez por mês, aos domingos. Próxima edição: 20 de fevereiro. Há edições especiais em datas comemorativas. Preço: R$ 350 por pessoa (incluindo comida e bebida à vontade e tour completo pela igreja). As edições são divulgadas pelo Instagram do projeto. Mais informações pelo telefone: (11) 3107-6832.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]