Eventos

Italiana

Prepare-se! É neste fim de semana a tradicional Festa do Frango, Polenta e Vinho de Santa Felicidade

Evento vai de sexta-feira (6) a domingo (8), no Bosque São Cristóvão

por Talita Boros Voitch Publicado em 05/07/2018 às 15h
Compartilhe

Um dos eventos gastronômicos mais tradicionais de Curitiba, a 36ª edição da Festa do Frango, Polenta e Vinho será realizada a partir desta sexta-feira (6) até domingo (8), no Bosque São Cristóvão, em Santa Felicidade. A festa é organizada pela comunidade italiana da Paróquia São José e Santa Felicidade e deve atrair 20 mil pessoas.

Uma das edições da festa no Bosque São Cristóvão, no bairro Santa Felicidade, em Curitiba. Foto: Reprodução/Facebook

Uma das edições da festa no Bosque São Cristóvão, no bairro Santa Felicidade, em Curitiba. Foto: Reprodução/Facebook

Durante os três dias serão servidos aproximadamente 5.000 quilos de polenta, 7.00 quilos de frango, 4.000 quilos de macarrão e 4.000 quilos de risoto. Além da tradicional gastronomia italiana, os atrativos do evento contam com apresentações folclóricas, musicais, feirinha de artesanato e produtos coloniais.

Os ingressos custam R$ 5 (crianças até 10 anos não pagam). Os pratos são servidos em porções e custam: frango com polenta (R$ 20); macarrão (R$ 15); risoto (R$ 15); salada (R$ 8); e churrasco (R$ 35). Para beber terá água (R$ 3); refrigerante (R$ 4); chope (400 ml – R$ 6) e cerveja (R$ 5), além de vinho em taça, quentão, garrafa e garrafão de vinho, suco de uva. Esses últimos não tiveram os preços divulgados. Haverá também barracas de doces e salgados.

Na sexta, os portões do parque serão abertos às 18h. A comida começa a ser servida a partir das 19h30 e às 20h acontece a solenidade de abertura oficial da festa, que vai até às 23h no primeiro dia. No sábado os portões abrirão às 10h e no domingo às 9h.

Festa julina árabe tem pratos típicos como shawarma, falafel e esfihas

História

Porção de macarronada sai por R$ 15. Foto: Divulgação

Porção de macarronada sai por R$ 15. Foto: Divulgação

Melhor boteco de Curitiba tem comida de família e petiscos bem servidos

A festa foi idealizada na década de 1980, após forte período de chuvas fez sobrar uma quantidade considerável de uvas que não haviam sido comercializadas na Festa da Uva. Para não perder a produção, uma das soluções encontradas pela comunidade foi fazer vinho e realizar mais uma festa no meio do ano para vendê-lo. Assim a festa se consolidou como um evento gastronômico, com a inclusão de comidas típicas como frango, polenta, macarronada e risoto.

Todo o rendimento da festa é destinado às obras sociais da paróquia e à restauração da Igreja Matriz de São José, principal patrimônio histórico do bairro.

Gosta de pinhão? Festival temático começou em 11 restaurantes de Curitiba

Serviço

Compartilhe

8 recomendações para você